Bolsonaro elogia Weintraub e nega mudanças no time de ministros

Bolsonaro elogia Weintraub e nega mudanças no time de ministros

O presidente da República, Jair Bolsonaro, negou que pretende efetuar alterações nos titulares dos ministérios no início do ano que vem. 

Em conversa com jornalistas ao passear pela Praça dos Três Poderes, no centro da Brasília, neste sábado (14), Bolsonaro afirmou que não há nada que o leve a tirar alguém do primeiro escalão:

“Não está previsto [mudança em ministérios]. Não tem nada que me leve a trocar um ministro que seja.”

O chefe do Executivo também elogiou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, cujo trabalho foi considerado “excelente”.

Segundo a agência EBC, Bolsonaro também enfatizou que os governos anteriores conduziram a educação “por um mau caminho”:

“Olha a prova do Pisa. Foi feito em abril do ano passado, uma das piores notas do mundo todo.”

Ministro da Educação volta a acusar Globo de mentir

Ministro da Educação volta a acusar Globo de mentir

Após matéria publicada nesta quinta-feira (5), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, voltou a acusar as organizações Globo de mentir.

“Brasil ‘só tem espaço para os melhores’, diz Weintraub a crianças” é a manchete do jornal Valor Econômico que foi alvo de críticas do titular da pasta da Educação.

Weintraub garantiu que não havia feito a declaração que estampa a capa da matéria do jornal.

“Eu NÃO falei que no Brasil somente há espaço para os melhores. Eu falei que naquele auditório, na premiação, só havia espaço para os melhores do Brasil!”, escreveu Weintraub em uma postagem seguinte.

Em mensagem publicada na mesma rede social, na noite desta quarta-feira (4), Weintraub compartilhou um vídeo em que aparece se virando e saindo após uma jornalista da CBN, pertencente ao sistema Globo de Rádio, se aproximar.

“Rede Globo? Esquece!”, escreveu o titular do MEC na legenda da mensagem.

Weintraub diz que deputada do PSOL não representa os negros

Weintraub diz que deputada do PSOL não representa os negros

Durante debate na Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (4), a deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) acusou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, de desconhecer sobre educação pública.

Petrone também afirmou que Weintraub é contra cotas raciais e que não tem informações sobre políticas afirmativas no ensino superior.

Logo em seguida, a parlamentar do PSOL deixou a comissão por outro compromisso, mas disse que ouviria depois a resposta do ministro da Educação.

Segundo a revista Veja, a réplica de Weintraub foi a seguinte:

“Gostaria que ficasse registrado aqui: meu avô é mais escuro que ela. Quando ela se atribui como defensora do povo negro, não sei quem lhe deu esse cargo. E não existe povo negro. Existe brasileiro de pele escura.”

E acrescentou:

“Não tem que dividir o povo brasileiro. O negro que está do meu lado é meu irmão. Meu avô era de pele escura. Então, chega desse discurso. Quem deu direito a ela de falar que ela é representante de todos os negros do Brasil. Meu avô era mais escuro que ela.”