Deputada Joana Darc (PR) quer ‘raio-x’ das passarelas e viadutos de Manaus

Deputada Joana Darc (PR) quer ‘raio-x’ das passarelas e viadutos de Manaus

A parlamentar disse em discurso, que Prefeitura de Manaus precisa se adiantar para evitar tragédias por conta do alto volume de chuva

A deputada estadual Joana Darc Protetora dos Animais (PR), protocolou junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) indicações ao prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), pedindo que todas as passarelas e viadutos da cidade, tenham sua estrutura vistoriada.

Para Joana Darc, o desabamento parcial de uma das passarelas localizadas na Av. Torquato Tapajós, na tarde desta quinta-feira (13), é um sinal de alerta para que tragédias sejam evitadas. Ela lembrou as tragédias ocorridas no país ao longo dos últimos meses, como alagamentos, rompimento de barragem e incêndios que vitimaram centenas de pessoas.

“Não posso deixar de me posicionar frente a esse acontecimento, que poderia ser trágico caso alguém estivesse abrigado da chuva, debaixo da passarela, naquele momento. É preciso que medidas enérgicas sem tomadas pelo Executivo Municipal”, destacou Joana.

Presidente da Comissão de Meio Ambiente, Proteção aos Animais e Desenvolvimento Sustentável da Aleam, Joana Darc, frisou que as questões ligadas ao sistema de drenagem e saneamento básico, estão entre as pautas que ela já vinha levantando, desde que ocupava o cargo de vereadora na Câmara Municipal.

“Como vereadora já tinha identificado que esses problemas afetavam a sociedade em diversas formas. Ontem, eles estiveram diretamente ligados ao desabamento daquela estrutura, que fica localizada às margens de um igarapé”, enfatizou Joana.

Joana ressaltou que o pacote de obras de verão, lançado todos os anos pela Prefeitura de Manaus, deve ser completo, disponibilizando a população conjunto de obras duradoras.

Bolsonaro chega a Brasília após receber alta de hospital em São Paulo

Bolsonaro chega a Brasília após receber alta de hospital em São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) chegou por volta das 14h30 desta quarta-feira (13) a Brasília após ter recebido alta do hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de 17 dias de internação em razão de cirurgia para a retirada de bolsa de colostomia.

Bolsonaro deixou o hospital por volta das 12h20, e seguiu para o Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul, de onde decolou o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que o levou para a capital federal, onde foi recebido pelo vice-presidente Hamilton Mourão (foto abaixo). Ele chegou às 14h55 à residência oficial do Palácio da Alvorada, onde deverá passar o restante do dia.

Bolsonaro comentou a alta em suas redes sociais. “Foram 3 cirurgias e mais de 1 mês no hospital nestes últimos 5 passados. Finalmente deixamos em definitivo o risco de morte após a tentativa de assassinato de ex-integrante do PSOL. Só tenho a agradecer a Deus e a todos por finalmente poder voltar a trabalhar em plena normalidade”, disse por meio de sua conta no Twitter.

Fonte: G1

Lula é denunciado por lavagem de R$ 1 milhão em negócio na Guiné Equatorial.

Lula é denunciado por lavagem de R$ 1 milhão em negócio na Guiné Equatorial.

A Força Tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo denunciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo crime de lavagem de dinheiro, por supostamente ter recebido R$ 1 milhão por intermediar discussões entre o governo de Guiné Equatorial e o grupo brasileiro ARG para a instalação da empresa no país.

Segundo o Ministério Público Federal, Lula recebeu a quantia dissimulados na forma de uma doação da empresa ao Instituto Lula, entre setembro de 2011 e junho de 2012.