Doria é mais verdadeiro que Bolsonaro, diz Lula

Doria é mais verdadeiro que Bolsonaro, diz Lula

O ex-presidente Lula da Silva (PT) voltou a elogiar a postura de João Doria, governador de São Paulo, no combate à pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista ao portal UOL, publicada nesta quinta-feira (30), o ex-presidiário declarou:

“Ele tem se comportado de forma muito mais verdadeira do que o Bolsonaro. Problema está sempre na mão de governador e prefeito, Planalto está muito distante. Bolsonaro tem ido visitar poucas coisas, tem inaugurado muita coisa militar.”

A mais de dois anos das eleições de 2022, Lula destacou que já tem 77 anos e descartou que não será candidato novamente à Presidência.

O petista disse que quer ser apenas um “cabo eleitoral”:

“Fico olhando minha vida e já fui longe demais, espero que quando chegar 2022 o PT tenha candidato. Eu sinceramente vou estar com 77 anos quando chegar outubro de 22. Se eu tiver juízo, tenho que ajudar com que o PT tenha outro candidato e que eu seja um bom cabo eleitoral. Quero ajudar a eleger alguém que tenha compromisso com o povo trabalhando.”

E acrescentou:

“Para que eu fosse candidato em 2022 teria que estar com 100% de saúde, com a disposição que eu tenho agora, porque não posso ser candidato e ficar um velhinho arrastando o pé dentro do palácio, isso não é bom. Já prestei serviço para o país. Espero que o Brasil e o PT não precisem de mim.”

No dia 2 de abril, o governador João Doria compartilhou um tuíte de Lula e trocou afagos com o ex-presidiário.

“Temos muitas diferenças. Mas agora não é hora de expor discordâncias. O vírus não escolhe ideologia nem partidos”, disse Doria, 

Lula sai em defesa de Bolsonaro e deixa petistas contrariados

Lula sai em defesa de Bolsonaro e deixa petistas contrariados

A militância e os seguidores de Lula não gostaram nada do que ele falou fora do país sobre Bolsonaro. O ex-presidente disse a jornal da Suíça que é contra impeachment do presidente da República.

De acordo com Lula, ele tem alertado que o PT deve ter paciência e “esperar pelos quatro anos de mandato de Bolsonaro”.

Contudo, ressalvou que há uma possibilidade de pedido de impeachment do presidente. Essa oportunidade seria “um ato de insanidade, um crime de responsabilidade”, explicou Lula.

“Mas, se não fizer isso, nós não podemos achar que nós podemos derrubar um presidente porque não gostamos dele. Não podemos”.

Além disso, criticou a esquerda brasileira e mundial de ter perdido o discurso.

De acordo com parlamentares petistas, quem deve defender Bolsonaro são seus aliados. Mas, nunca, o maior ícone da oposição ao bolsonarismo.

Leia a notícia que deu Mônica Bergamo, na Folha.

BNC

Lula e Dilma absolvidos em ação sobre o ‘Quadrilhão do PT’

Lula e Dilma absolvidos em ação sobre o ‘Quadrilhão do PT’

Conhecido como “Quadrilhão do PT”, o caso em questão é uma ação penal movida contra membros do Partido dos Trabalhadores por suposta organização criminosa em esquemas na Petrobras, no BNDES e em outros setores da administração pública.

A acusação é de 2017, e foi oferecida ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo então procurador-geral Rodrigo Janot.

O juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara do Distrito Federal, absolveu, nesta quarta-feira (4), os seguintes nomes:

  • Ex-presidente Lula da Silva;
  • Ex-presidente Dilma Rousseff;
  • Ex-ministro Antonio Palocci;
  • Ex-ministro Guido Mantega;
  • Ex-tesoureiro João Vaccari Neto.

Segundo o site UOL, o magistrado aponta que não se verificam elementos configuradores de uma organização criminosa, já que “a narrativa que encerra não permite concluir sequer em tese, pela existência de uma associação de quatro ou mais pessoas estruturalmente ordenada, com divisão de tarefas, alguma forma de hierarquia e estabilidade”.

Relator vota por aumentar pena de Lula no caso do sítio

Relator vota por aumentar pena de Lula no caso do sítio

O desembargador João Pedro Gebran Neto é o relator do processo sobre o ex-presidente Lula da Silva e o sítio de Atibaia no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Nesta quarta-feira (27), Gebran Neto votou pela condenação em 2ª instância e pelo aumento da sentença para 17 anos, um mês e 10 dias, informa o portal G1.

Lula havia sido condenado em 1ª instância em fevereiro de 2019 a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção passiva, corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

A sentença em 2ª instância do caso no TRF-4 ainda está em julgamento nesta quarta-feira (27). Ainda faltam os votos dos desembargadores Leandro Paulsen Carlos Eduardo Thompson Flores Luz.

‘Radicalismo faz bem à nossa alma’, diz Lula

‘Radicalismo faz bem à nossa alma’, diz Lula

Duas semanas depois de deixar a carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba, onde passou um ano e meio preso, o condenado Lula da Silvacontinua estimulando a polarização com o governo do presidente Jair Bolsonaro.

Durante discurso na abertura do 7.º Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) em São Paulo, Lula disse que “um pouco de radicalismo faz bem à nossa alma”:

“Aos que criticam ou temem a polarização, temos que ter a coragem de dizer: nós somos, sim, o oposto de Bolsonaro. Não dá para ficar em cima do muro ou no meio do caminho: somos e seremos oposição a esse governo de extrema direita que gera desemprego e exige que os desempregados paguem a conta.”

Lula disse que ignorou os conselhos para evitar a polarização no Brasil:

“Eu quero polarizar. Porque o dia que a gente não polarizar a gente está fora da disputa. Como se polarização fosse sinônimo de extremismo político e ideológico. Como se o Brasil já não estivesse há séculos polarizado entre os poucos que têm tudo e os muitos que nada têm. Como se fosse possível não se opor a um governo de destruição do país, dos direitos, da liberdade e até da civilização.”

Segundo o portal Terra, o petista voltou a dizer que o PT não deve fazer autocrítica:

“Embora tantos tenham cometido erros antes e depois do nosso governo é somente do PT que exigem uma autocrítica. Na verdade querem de nós um humilhante ato de contrição. O maior erro que nós cometemos foi não ter feito mais e melhor, de uma forma tão contundente que jamais fosse possível esse País voltar a ser governado contra o povo, contra os interesses nacionais.”

Aras enviará pedido de prisão de Lula para MP de São Bernardo

Aras enviará pedido de prisão de Lula para MP de São Bernardo

O procurador-geral da República, Augusto Aras, comunicou, nesta segunda-feira (11), aos deputados do Partido Social Liberal (PSL) o destino de um pedido de prisão preventiva contra o condenado e ex-presidente Lula da Silva (PT).

O caso será enviado ao Ministério Público de São Bernardo do Campo, interior de São Paulo, onde o petista tem residência fixa.

Aras explicou a Carla Zambelli(PSL-SP) e Sanderson (PSL-RS) que, como Lula não tem mais foro privilegiado, o assunto vai para outra esfera da Procuradoria, informa a revista Veja.

Os parlamentares pediram a preventiva de Lula ao argumentar que ele incitou a violência com seu discurso após deixar a prisão. Os autores recorreram à Lei de Segurança Nacional (LSN).

Bolsonaro diz que Lula defende censura da mídia

Bolsonaro diz que Lula defende censura da mídia

O presidente da República, Jair Bolsonaro, acusou, neste domingo (10), o condenado e ex-presidente Lula da Silva(PT) de querer censurar a mídia.

Em publicação na rede social Facebook, Bolsonaro afirmou que o PT, por meio dos veículos de imprensa, “estimulou a destruição dos valores familiares sem ouvir o povo” quando estava à frente do Palácio do Planalto.

“Agora, cinicamente, caso volte ao poder, diz querer ouvir as massas para que seja feito o controle social da mídia, ou seja, censurá-la”, acrescentou Bolsonaro.

Em sua publicação, o chefe do Executivo colocou um vídeo de Lula durante entrevista na carceragem da Polícia Federal (PF) onde ele diz que cometeu um erro em seus mandatos ao não ter levado mais a sério uma nova regulamentação dos meios de comunicação.

“Por que a gente é democrático para achar que a sociedade tem de interferir em tudo e, na hora de discutir determinado conteúdo, a sociedade é proibida de discutir? Nós não queremos ter ingerência. Não é fazer o conteúdo. É dizer que tal conteúdo não pode ser publicado porque ele é insensível à sociedade brasileira”, disse o petista.

– Durante 14 anos o PT, via mídia, estimulou a destruição dos valores familiares sem ouvir o povo, que obviamente seria contra tal conteúdo.- Agora, cinicamente, caso volte ao Poder, diz querer ouvir as massas para que seja feito o controle social da mídia, ou seja, censurá-la.- PR JAIR BOLSONARO

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Sunday, November 10, 2019

Lula e Huck conversaram por telefone durante viagem em jatinho

Lula e Huck conversaram por telefone durante viagem em jatinho

O condenado Lula da Silva e o apresentador Luciano Huck, da Rede Globo, conversaram por telefone no último sábado (9).

A ligação telefônica ocorreu enquanto o petista viajava de Curitiba a São Paulo no avião do apresentador, que teria sido alugado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) com recursos próprios.

O avião, que foi comprado com a ajuda de um financiamento camarada do BNDES, faz parte da frota da Icon Taxi Aéreo, empresa sócia de Huck.

Durante a viagem, segundo o jornal Folha de S.Paulo, o comandante do voo telefonou a Huck e passou o telefone para Lula.

De acordo com pessoas que tomaram conhecimento do contato, o apresentador teria dito que os dois precisavam conversar.

“E por que você não me leva no Caldeirão do Huck e conversamos lá?”, rebateu o ex-presidente em tom de brincadeira, ainda de acordo com a Folha.

URGENTE: Juiz manda soltar Lula após 580 dias de prisão em Curitiba

URGENTE: Juiz manda soltar Lula após 580 dias de prisão em Curitiba

O juiz federal Danilo Pereira Jr, da 12ª Vara Federal de Curitiba, atendeu ao pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e determinou nesta sexta-feira, 8, que ele seja solto. Com a decisão da magistrado, Lula deixará a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba após 580 dias preso. Ele cumpria pena no processo da Operação Lava Jato referente ao tríplex do Guarujá (SP), no qual foi condenado a 8 anos, 10 meses e 20 dias de prisão pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A decisão de Pereira Jr foi assinada às 16h15 e o alvará de soltura expedido às 16h21.

Por volta das 11h desta sexta, após uma reunião entre o advogado Cristiano Zanin Martins e Lula na sala onde o petista está preso, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, a defesa do ex-presidente pediu à magistrada a soltura imediata dele. A petição se baseou na decisão tomada na quinta-feira 7 pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que proibiu prisões de réus condenados em segunda instância para cumprir pena.

Por meio de sua conta no Twitter, Zanin escreveu ter sugerido a Lula que o pedido fosse feito imediatamente, “sem prejuízo de continuarmos a priorizar o HC da suspeição”. A defesa do petista tenta no STF anular o processo do tríplex do Guarujá alegando suspeição do ex-juiz federal Sergio Moro, hoje ministro da Justiça e Segurança Pública. O habeas corpus está em análise pela Segunda Turma do Supremo.

Com a decisão do STF, Lula poderá recorrer em liberdade até que se esgotem todos os recursos aos tribunais superiores, o chamado trânsito em julgado. O STJ, que confirmou a condenação no caso do tríplex do Guarujá, analisa embargos de declaração movidos pela defesa do ex-presidente contra a sentença do tribunal.

Lula não gostou de ser acordado pela PF às 6 da manhã

Lula não gostou de ser acordado pela PF às 6 da manhã

O ex-presidente Lula da Silva(PT) está preso desde abril de 2018 na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, no Paraná, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Em entrevista concedida, nesta quarta-feira (6), a um blog esquerdista, Lula criticou o fato de agentes da PF terem adentrado em sua cela às 6h.

Visivelmente incomodado, o petista declarou:

“Ainda ontem fizeram uma palhaçada comigo. Você acredita que ontem entraram na cela que eu estou às 6 horas da manhã? Como se estivessem fazendo uma coerção.”

Na página oficial de Lula no YouTube, uma mensagem sobre um possível risco à vida do presidiário foi publicada:

“Até onde vai Sérgio Moro e a quadrilha da Lava Jato para manter suas mentiras? A vida do ex-presidente Lula está segura?”