Durante operação policial meia tonelada de drogas é apreendida em área de mata no interior do Amazonas

Durante operação policial meia tonelada de drogas é apreendida em área de mata no interior do Amazonas

Durante operação realizada pela polícia, entre domingo (05) e terça-feira (07), foi encontrada meia tonelada de drogas em uma área de mata no município de Japurá, 744 km distante de Manaus.

Conforme informações repassadas pela polícia, as drogas estavam em uma área de difícil acesso e até o momento, ninguém foi preso. As investigações irão continuar para que os responsáveis pelo tráfico na região sejam presos.

De acordo com o diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), delegado Paulo Mavignier, a polícia investigava um local em que a droga poderia estar escondida na mata, na Comunidade Mameloca. Um perímetro foi delimitado e as equipes foram deslocadas.

A operação contou com uma ação integrada de equipes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), de policiais civis lotados na 59ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Japurá, integrantes da Companhia de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar, do 3º Pelotão Especial de Fronteiras (PEF) de Vila Bittencourt do Exército Brasileiro e da Marinha Nacional da Colômbia.

Depois de três dias de buscas, os policiais encontraram 500 kg de droga, entre cocaína e maconha do tipo skunk. Segundo Mavignier, os entorpecentes estavam em uma área de difícil acesso, o que dificultou a localização da droga. Ninguém estava no local quando o entorpecente foi encontrado.

“Provavelmente, esconderam ali e se foram para outro local. Vamos continuar os trabalhos na área do Rio Juruá, que é uma das rotas das drogas que chegam em Manaus. Vamos atuar na fonte, para que essa droga não chegue na cidade e seja pulverizada”, disse o delegado.

Ainda conforme o delegado, a polícia já identificou um grupo responsável pela movimentação da droga em Japurá. As investigações devem continuar para que a polícia chegue aos envolvidos com o tráfico na área.

Polícia Militar, por meio do 1º GPM, apreende mais de 170 quilos de maconha nas imediações do porto de Fonte Boa

Polícia Militar, por meio do 1º GPM, apreende mais de 170 quilos de maconha nas imediações do porto de Fonte Boa

Policiais militares do 1º Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Fonte Boa, em ação na Operação Desembarque, na madrugada desta quinta-feira (5/12), apreenderam uma grande quantidade de maconha nas imediações do porto do município, localizado a 678 quilômetros de Manaus. As drogas, que totalizam 177,2 quilos em 162 tabletes, foram encontradas nos arredores de um galpão próximo a um local conhecido como Estrada do Baré.

A ação ocorreu por volta das 3h, quando a guarnição de serviço do GPM recebeu informação de que um grande carregamento de drogas teria acabado de chegar ao porto da cidade, escondida dentro de uma embarcação que estaria ancorada na Estrada do Baré.

Imediatamente, foi realizada ronda na área indicada. Ao chegarem às proximidades do Galpão do Magal, onde funciona um bar, os policiais avistaram dois homens em atitude suspeita. Percebendo que a equipe se dirigia até a mesa onde estavam, fugiram em direção à mata, tomando rumo ignorado.

Ao averiguar os arredores, os policiais encontraram seis sacos de fibra na cor branca e uma mochila de viagem nas cores preta e vermelha, contendo maconha do tipo skunk.

Os entorpecentes foram encaminhados ao 55° Distrito Policial de Fonte Boa, onde foram apresentados à autoridade policial do município para as devidas providências.

FOTO: Divulgação/PMAM

PM estoura esconderijo de drogas e itens roubados no Jorge Teixeira

PM estoura esconderijo de drogas e itens roubados no Jorge Teixeira

Maxdevan da Silva e Silva, de 23 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas na manhã desta quarta-feira (13). A prisão aconteceu na casa do suspeito, situada na rua Pedro Bandeira, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste da capital. Na casa dele foram encontradas cerca de 30 trouxinhas de oxi e objetos oriundos de roubos realizados em Manaus.

O delegado Torquato Mozer, titular do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), esteve na frente da operação e contou que Maxdevan foi investigado por ter participado de roubos na capital, sendo encarregado de esconder os produtos roubados em sua residência.

“No dia 6 deste mês, câmeras de segurança instaladas nas proximidades de uma loja situada no bairro Jorge Teixeira, registram o momento em que Eudes Nascimento Vilar, conhecido como ‘Zica’, que está sendo procurado pela polícia, entrou no estabelecimento comercial, em posse de uma arma de fogo, e abordou os funcionários do lugar, subtraindo da loja, mercadorias e a quantia de R$ 4 mil, em espécie, que era a renda do caixa”, explicou Mozer.

As investigação constataram ainda que, no mesmo dia, outros assaltos foram realizados por Eudes, e os itens roubados foram escondidos na casa de Maxdevan.

Maxdevan preso em flagrante no 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP) onde foi confirmado que ele tem passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e roubo. Ele ficará na unidade policial até a decisão da justiça sobre o crime.

Polícia Militar detém homem comercializando drogas no calçadão da Feira da Manaus Moderna

Polícia Militar detém homem comercializando drogas no calçadão da Feira da Manaus Moderna

Policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), na tarde desta segunda-feira (11/11), detiveram um homem de 27 anos de idade, suspeito de tráfico de drogas no calçadão da Feira da Manaus Moderna, no Centro, zona sul da capital. Com ele, foram apreendidas 65 trouxinhas de entorpecente, supostamente oxi, e a importância de R$ 147,00 em espécie.

Policiais que atenderam à ocorrência relataram que, durante patrulhamento pelas ruas do Centro, próximo ao Mercado Municipal Adolpho Lisboa, receberam informação de populares de que um homem estaria comercializando entorpecente na área da Feira da Manaus Moderna.

Ao se dirigir ao local indicado, os policiais chegaram em tempo de flagrantear o suposto infrator em atitude suspeita no calçadão da Manaus Moderna e, após ser abordado e vistoriado, foi encontrado com ele o material apreendido.

Diante das evidências, o suspeito recebeu voz de prisão, sendo encaminhado pela guarnição para o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi flagranteado pelo crime de tráfico de drogas.

FOTO: Divulgação

Polícia Civil deflagra ação conjunta com Receita Federal que resultou na apreensão de 24 tabletes de maconha do tipo skunk

Polícia Civil deflagra ação conjunta com Receita Federal que resultou na apreensão de 24 tabletes de maconha do tipo skunk

Policiais civis da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru e do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), sob a coordenação dos delegados Rodrigo Torres e Paulo Mavignier, respectivamente, titular e diretor das unidades policiais, deflagraram na madrugada de domingo (22/09), por volta das 2h, ação policial conjunta com agentes da Receita Federal e o cão Odin, naquele município, distante 68 quilômetros em linha reta da capital. A ação resultou na apreensão de 24 tabletes de maconha do tipo skunk em uma embarcação, oriunda do município de Tefé.

De acordo com Rodrigo Torres, os policiais civis da DIP receberam informações que substâncias entorpecentes estariam sendo transportadas por uma embarcação que viria de Tefé, município distante 523 quilômetros em linha reta da capital, e que passaria pela frente do município. Segundo o delegado, as diligências iniciaram na noite de sábado (21/09), e os policiais civis e agentes da Receita Federal, conduzindo o cão Odin, abordaram diversas embarcações.

“Por volta das 2h da madrugada, abordamos uma embarcação vinda de Tefé, no momento em que ela passava no meio do rio, em frente ao município. Após buscas nas dependências do barco, o cão Odin detectou 24 tabletes de maconha do tipo skunk espalhados pelo lugar. Não foi possível localizar nenhum suspeito, mas essa apreensão gera prejuízo para o tráfico de drogas. Estamos intensificando esse trabalho contra a entrada de drogas na capital e nossas ações conjuntas com o Denarc e Receita Federal estão sendo exitosas,” relatou Torres.

Procedimentos – O titular da DIP de Manacapuru informou que todo o material apreendido será periciado. O delegado destacou, ainda, que as investigações em torno do caso irão prosseguir para identificar a origem das substâncias entorpecentes e o destino do material ilícito, com intuito de localizar e indiciar os envolvidos.

FOTO: Divulgação e Erlon Rodrigues/PC-AM

Polícia Civil prende dupla por tráfico de drogas no bairro Santo Antônio

Polícia Civil prende dupla por tráfico de drogas no bairro Santo Antônio

Policiais civis do 5° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação dos delegados Deborah Barreiros e Mário Paulo Telles, respectivamente titular e adjunto da unidade policial, cumpriram na manhã de quinta-feira (19/09), por volta das 6h30, mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas em nome de Diego Raymison Rabelo Bastos, 23. Durante a ação, também foi preso, em flagrante, Chrystian Weslley Terencio dos Santos, 21. Com eles foi apreendida uma porção de pasta base de cocaína, dois rádios comunicadores, além de material para a embalagem das drogas.

Conforme a titular do 5º DIP, as investigações em torno do caso tiveram início após denúncias anônimas serem feitas ao número (92) 99441-1607, o disque-denúncia da unidade policial, informando que na casa de Diego, situada no beco Adelino Magalhães, bairro Santo Antônio, zona oeste da cidade, estariam sendo comercializadas substâncias ilícitas.

“Nós nos deslocamos ao endereço informado e, na residência, encontramos Diego, que estava sendo procurado pela polícia, pois já tinha um mandado de prisão em aberto em nome dele. No lugar, encontramos também o cunhado dele, Chrystian. Com a dupla apreendemos uma porção de pasta base de cocaína, dois rádios comunicadores, além de material para a embalagem das substâncias entorpecentes”, explicou Barreiros.

Procedimentos – Conduzidos ao 5° DIP, Diego e Chrystian foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, eles serão levados para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus. E, em cumprimento ao mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas, após a audiência de custódia, Diego será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação/PC-AM

Trio é preso com mais de 160kg de maconha no Ramal do Brasileirinho

Trio é preso com mais de 160kg de maconha no Ramal do Brasileirinho

O peruano Jonh Romero Quintana, de 29 anos, Natanael da Silva Freitas, de 23, e o caseiro Juscelino da Silva Oliveira, de 48, foram apreendidos com 160 quilos de maconha, divididos em 107 tabletes, uma balança de precisão, dois celulares, dois veículos e R$ 1.405 reais em espécie na manhã desse domingo. Os três foram apresentados no 12° Distrito Integrado de Polícia, no Parque das Laranjeiras. 

Por meio de denúncia anônima, os policiais do Batalhão de Força Tática abordaram o peruano na avenida Torquato Tapajós, numa picape S10. Com ele foram encontrados um quilo de tabletes de maconha e o montante em dinheiro. Logo atrás dele vinha um Fiat Strada, conduzido por Natanael, com mais uma porção da droga.

Os dois então colaboraram com os policiais e levaram a equipe ao Ramal do Brasileirinho, onde mais 106 tabletes da droga estavam escondido por Juscelino, o caseiro.

De acordo com o major Igor Reis, comandante do Batalhão de Força Tática, após a denúncia recebida por meio da nossa linha direta, a operação começou às 5h com 12 policiais em duas viaturas. 

“Agora serão iniciadas as investigações para sabermos a quem, de fato, pertence essa droga. Os três ficarão à disposição da justiça. O que sabemos preliminarmente é que o peruano não possui passagem pelo polícia”, contou o major.

A suspeita é que os dois veículos estavam fazendo entrega das drogas na região onde foram presos.

Polícias Civil e Militar prendem trio com drogas, simulacro de arma de fogo e dinheiro no bairro São José Operário

Polícias Civil e Militar prendem trio com drogas, simulacro de arma de fogo e dinheiro no bairro São José Operário

A equipe de investigação do 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação do delegado Pablo Geovanni, titular da unidade policial, com o apoio de policiais militares lotados na 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), prendeu, em flagrante, na tarde de quinta-feira (15/8), por volta das 17h, Joelma Gomes de Oliveira, 32, Luis Felipe dos Santos Pampolha, 22, e Yuri Peixoto Farias, 22, com trouxinhas de entorpecentes, dentre cocaína e maconha, embalagens para o embalo de drogas, um rádio comunicador, além de um simulacro de arma de fogo e dinheiro em espécie.

De acordo com a autoridade policial, a equipe chegou até o infrator após receber delação anônima feita pelo número (92) 99355-0055, o disque-denúncia da unidade policial, informando sobre a comercialização de drogas e o uso de arma de fogo por indivíduos no beco João Bosco, primeira etapa do bairro São José Operário, zona leste da capital.

“Em ato contínuo, solicitei o apoio de policiais militares da 9ª Cicom, que se deslocaram com a nossa equipe até o lugar para verificar a veracidade da denúncia. Durante a abordagem, Luis estava na entrada do beco. Ele tentou correr e esconder os entorpecentes e o rádio comunicador, mas foi preso. Posteriormente prendemos Joelma e Yuri. Com o trio foram encontradas trouxinhas de entorpecentes, dentre cocaína e maconha, embalagens para preparo de drogas, um rádio comunicador, um simulacro de arma de fogo e a quantia de R$ 325, em espécie”, explicou Geovanni.

Flagrante – Conduzidos ao prédio do 9° DIP, Joelma, Luiz e Felipe foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos trâmites legais na delegacia, eles foram levados para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus.

FOTO: Divulgação / PC-AM

Policiais militares da 9ª Cicom detêm quarteto com drogas e dinheiro no bairro São José

Policiais militares da 9ª Cicom detêm quarteto com drogas e dinheiro no bairro São José

Por volta das 15h da quarta-feira (14/08), policias militares da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) detiveram dois homens por tráfico de drogas na rua Amazonas, bairro São José III, zona leste da capital.

A ação ocorreu quando os policiais realizavam patrulhamento de rotina na área, considerada de alta periculosidade, e avistaram quatro homens suspeitos. Na revista pessoal, foram encontrados com os suspeitos duas grandes porções de entorpecentes, sendo uma de oxi e outra de maconha, um tablete e R$ 201,00 em espécie.

Os quatro suspeitos foram detidos e levados para o 14º DIP. Na delegacia, apenas dois homens confessaram ser donos dos produtos, um de 26 e outro de 31 anos, que foram presos e submetidos aos procedimentos realizados pelo Delegado de Polícia daquela unidade.

FOTOS: Divulgação/PMAM

Policiais militares da Força Tática detiveram suspeito de tráfico no Porto de Manaus

Policiais militares da Força Tática detiveram suspeito de tráfico no Porto de Manaus

Policiais militares da Força Tática detiveram, no início da noite do sábado (10/08), um homem de 40 anos, suspeito de tráfico de drogas em uma embarcação no Porto de Manaus. Com o suspeito, os policiais apreenderam 20 tabletes de supostamente skunk.

Os policiais que atenderam à ocorrência informaram que, por volta das 18h, receberam uma denúncia via linha direta dando conta de que uma embarcação estaria atracando no Porto de Manaus e que um passageiro estaria transportando drogas na referida embarcação. Imediatamente a guarnição deslocou até o Porto e logo identificou a embarcação.

Durante as buscas no interior da embarcação, os policiais encontraram os 20 tabletes de supostamente drogas e logo conseguiram identificar o responsável, que não ofereceu resistência, sendo detido e conduzido ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

FOTO: Divulgação/PMAM