Grupo de Comunicação de sobrinho de Eduardo Braga pode ser multado após divulgar pesquisa falsa

Grupo de Comunicação de sobrinho de Eduardo Braga pode ser multado após divulgar pesquisa falsa

Nesta segunda-feira (5), o Portal D24am do Grupo diário, noticiou uma pesquisa do Instituto RealTime Big Data, pertencente ao mesmo grupo de Comunicação, que realizou um levantamento da população sobre o impeachment de Wilson Lima, o resultado da pesquisa foi que 7 a cada 10 amazonenses querem o afastamento do governador.

O pesquisa chama atenção por diversos motivos, e ao longo do texto esses ‘erros despercebidos’ serão pontuados. O primeiro deles é referente a data que a pesquisa foi realizada. Segundo divulgado, o levantamento ouviu 1,2 mil pessoas em todo o Estado na última segunda-feira (4), e foi divulgado no dia seguinte, ou seja, na terça-feira (5), como que uma pesquisa que diz que têm 95% de credibilidade divulga uma pesquisa de forma tão rápida assim?

Em tempos de pandemia, outra situação chama atenção, onde que o Instituto RealTime Big Data ouviu essas 1,2 mil pessoas. Estariam eles furando a quarentena? ou é só mais uma pesquisa que por trás existe um grupo político?

Eduardo Braga no comando da carroça

Informações de bastidores dizem que Eduardo Braga se aliou com Amazonino que juntos fizeram uma aliança com o Presidente da Assembleia Legislativa (ALE-AM), Josué Neto. Cyro Batará Anunciação, um dos sócios do Grupo Diário é sobrinho do senador Eduardo Braga, casado com a sobrinha legitima dele. Em 2016 o ex-secretário da fazenda Afonso Lobo já tinha denunciado o ‘envolvimento’ do senador com o grupo. Na época, Lobo estava sendo ‘atacado’ pelo grupo e revelou: Braga é tio do diretor do grupo de comunicação […] Logo, ele está defendendo os interesses da família fazendo esse tipo de confusão […].

Tudo fica um pouco mais claro quando se volta ao passado. Também vale lembrar que com a intenção de tomar a pesquisa mais ‘válida’ ela saiu em rede nacional da TV Record, que é parceira do Grupo Diário de Comunicação. O que seria quebrar um ‘galho’ para um amigo?!

Que instituto é esse? Outra informação valiosa que que o atual governo baniu a ‘Manaus Vistoria’ que segundo informações de uma fonte que não quis se identificar disse que é de propriedade de um sócio oculto.

A todo custo o grupo insiste no impeachment que foi chamado pelo vice-presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Luiz Viana como sendo “absurdo”, além de apontar diversas irregularidades.

Outro que também foi surpreendido com a resposta dos amazonenses com relação ao impeachment foi o Coronel Rosses, declarado de oposição, fez uma enquete no instagram e mais de 65% dos votantes foi contra o pedido de afastamento do governador, em seguida ele apagou a publicação.

O deputado Dermilson Chagas também foi perguntar nas redes sociais o que seus seguidores acham do pedido de impeachment, 83% é contra.

Multa por divulgar resultado falso

De acordo com a Resolução TSE 23.549/2017, a divulgação de pesquisa sem o prévio registro das informações sujeita os responsáveis à multa no valor de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00 (Lei nº 9.504/1997, arts. 33, § 3º, e 105, § 2º). Por outro lado, a divulgação de pesquisa fraudulenta (falsa) constitui crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa no valor de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00.

Confira outras pesquisas do Instituto RealTime Big Data que deram erradas

Nas eleições de 2018, o Instituto RealTime Big Data fez uma estimativa das eleições que mostrou um retrato bem diferente do que vinham mostrando as últimas pesquisas divulgadas sobre a intenção de voto dos amazonenses. Na época, a surpresa foi que o candidato David Almeida, que aparecia em terceiro ou quarto lugar nas sondagens de outros institutos e o Real Time Big Data o apresenta na segunda posição.

Ainda nas eleições, o governador na época Amazonino Mendes, seguia na liderança de intenções de voto, divulgado pelo instituto. O atual governador do Amazonas, Amazonino Mendes (PDT), segue na liderança das intenções de voto para as eleições do próximo dia 7, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (2), pelo instituto RealTime Big Data. O nome de Amazonino é seguido por David Almeida (PSB) e Wilson Lima (PSC), aparecia em terceiro.]

O instituto de pesquisa é conhecido por manipular os resultados e acaba tendo sua credibilidade duvidosa.

Fonte: Portal Baré