Polícia Militar recupera 11 veículos roubados na capital

Polícia Militar recupera 11 veículos roubados na capital

Onze veículos foram recuperados pela Polícia Militar do Amazonas entre a manhã de terça-feira (19/11) e a madrugada desta quinta-feira (21/11), em Manaus. Foram seis motocicletas e cinco carros recuperados nas zonas norte, leste, oeste e centro-oeste. Em um dos casos, seis pessoas foram presas por roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Os veículos foram localizados nos bairros Cidade de Deus, Nova Cidade, Monte das Oliveiras, Novo Aleixo, Jorge Teixeira, Gilberto Mestrinho, São Raimundo e Alvorada.

No bairro Nova Cidade, zona norte, quatro pessoas, sendo três homens de 22 e 25 anos e uma mulher de 25, foram presos por policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) após denúncia.

Foi apreendido um veículo Chevrolet Classic, prata, de placa NOR-9763, com restrição de roubo, um revólver calibre 38, com numeração suprimida, uma pistola calibre 380 com numeração suprimida e munições, cinco aparelhos celulares e R$ 30 em espécie.

Uma motocicleta Honda CG Fan, vermelha, de placa OAA-0592, foi apreendida e um homem de 30 anos preso por policiais da 27ª Cicom na rua Penetração 3, no bairro Novo Aleixo. A moto estava com a numeração do chassi adulterado.

Um homem de 20 anos foi preso por policiais da 14ª Cicom após roubar a motocicleta Honda Fan 125, de cor preta, placa PHA-4B27, na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira.

Nas ações, também foram apreendidos três cartuchos de calibre 38, três cartuchos de 762, um cartucho de espingarda calibre 20 e cinco aparelhos celulares.


Lista de veículos

Motocicleta Honda CG Fan, vermelha, placa OAA-0592

Motocicleta Suzuki En 125 Yes, preta, placa jxv-8052

Motocicleta Honda CG 150, vermelha, placa OAA-5H62

Motocicleta Honda CG 160 Titan, vermelha, placa PHR-8459

Motocicleta Honda Fan 125, preta, placa PHA-4B27

Motocicleta Honda CG 125 Fan, preta, placa NPB-6373

Chevrolet Onix Joy, prata, placa QOV-0G60

Chevrolet Classic, prata, placa NOR-9763

Fiat Fiorino Flex, laranja, placa NPA-9809

VW Gol, cinza, placa QUD-0351

Fiat Strada Freedom, vermelha, placa QZA-1I69

FOTO: Divulgação/SSP-AM

Polícia Militar, por meio da Rocam, detém suspeito com submetralhadora e pistola na zona norte

Polícia Militar, por meio da Rocam, detém suspeito com submetralhadora e pistola na zona norte

Policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) detiveram, na noite desta segunda-feira (19/11), um homem de 24 anos suspeito de porte ilegal de arma de fogo no bairro Novo Aleixo, zona norte da capital. Com ele, os policiais apreenderam uma pistola calibre 765, marca Taurus, cinco munições calibre .380, uma submetralhadora calibre 9mm e uma munição calibre 9mm.

Os policiais que atenderam à ocorrência relataram que, por volta das 18h, durante patrulhamento pelo bairro Novo Aleixo, receberam denúncia via 190, informando que na rua Rio Guaíba, beco Guaíba, estaria ocorrendo disparo de arma de fogo. Imediatamente a guarnição se deslocou até o endereço referido e, no local, os policiais visualizaram um suspeito que, ao perceber a presença da polícia, tentou empreender fuga.

Em ato contínuo, foi feito acompanhamento e abordagem e, durante revista pessoal, os policiais encontraram na cintura do suspeito uma pistola calibre 765 com cinco munições. O homem fazia uso de tornozeleira eletrônica, e informou que tinha danificado o equipamento para não ser monitorado. Ao realizar buscas em uma área de mata no referido beco, os policiais apreenderam ainda uma submetralhadora de fabricação caseira, calibre 9mm e uma munição do mesmo calibre.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao suspeito, que foi conduzido ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos legais. Na delegacia foi constatado ainda que ele já possuía passagem pelo crime de roubo.

FOTO: Divulgação/PMAM

Wilson Lima anuncia que Estado vai pagar, diretamente, enfermeiros e técnicos de enfermagem terceirizados

Wilson Lima anuncia que Estado vai pagar, diretamente, enfermeiros e técnicos de enfermagem terceirizados

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou, neste domingo (17/11), que o Estado vai pagar, sem a intermediação das empresas, os salários de outubro e novembro de 2019 dos técnicos de enfermagem e enfermeiros terceirizados. A decisão é fruto de acordo fechado no sábado (16/11) entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE), Ministérios Públicos do Estado (MPE-AM) e do Trabalho (MPT-AM) e o Sindicato dos Trabalhadores em Santas Casas, Entidades Filantrópicas Beneficentes e Religiosas e em Estabelecimento de Serviços de Saúde do Amazonas (Sindpriv).

O acordo surgiu do entendimento de que as duas parcelas previstas para pagamento em novembro e dezembro poderiam ser melhor utilizadas caso fossem transferidas diretamente para os trabalhadores. Há ainda a previsão de pagamentos de outras competências, a serem calculadas com base nas informações das folhas de pagamento desses trabalhadores. No acordo, está respeitado o pagamento do piso dos técnicos de enfermagem e enfermeiros, o que era anseio antigo da categoria.

No próximo sábado (23/11), uma nova reunião será feita no MPT-AM para definição da forma de repasse da remuneração aos trabalhadores, o que deve acontecer por intermédio da Justiça do Trabalho mediante alvará coletivo, para que os profissionais recebam o mais rápido possível.

“O pagamento direto aos terceirizados é uma saída para que os enfermeiros e técnicos de enfermagem recebam o que é devido e que, infelizmente, muitas vezes não é repassado pelas empresas quando recebem o pagamento do Governo. É uma solução que foi proposta pelo próprio Sindipriv neste acordo mas que vai ao encontro do que estamos estudando, que é corrigir essa distorção histórica”, disse o governador.

Após a assinatura da ata da reunião que formalizou o acordo, no último sábado, a procuradora geral de Justiça, Leda Mara Albuquerque, e o procurador chefe do MPT no Amazonas, Jorsinei Nascimento, destacaram o empenho do Governo do Amazonas no sentido de buscar soluções para as questões da saúde, ressaltando a permanente disposição do Governo em dialogar com os diversos segmentos do setor para poder encontrar, mediante consenso, as melhores soluções para cada caso.

Solução mais eficiente para população – O governador Wilson Lima afirmou, ainda, que já determinou que PGE e Casa Civil construam uma solução para tornar o sistema estadual de saúde mais eficiente em benefício da população. Esse trabalho está sendo coordenado diretamente pelo vice-governador Carlos Almeida Filho e inclui o estudo de um sistema que reduza a dependência do Estado pelo sistema de terceirização.

De acordo com o procurador Geral do Estado, Jorge Pinho, até a próxima sexta-feira, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) apresentará o levantamento do número de técnicos de enfermagem e enfermeiros que vão receber a remuneração por meio da Justiça do Trabalhado, para onde o Estado vai repassar os valores referentes à folha de pagamento dos meses de outubro e novembro, estimada em valores de aproximadamente R$ 7 milhões.

Haverá ainda, posteriormente, o levantamento de competências que não foram pagas aos trabalhadores, bem como a identificação dos profissionais para que recebam os atrasados. Segundo a Susam, pode haver trabalhadores que não estejam mais no sistema e que para os quais as empresas não quitaram os salários devidamente.

Governo do Amazonas injetará R$ 430 milhões na economia com pagamento de 13⁰ salário dos servidores estaduais

Governo do Amazonas injetará R$ 430 milhões na economia com pagamento de 13⁰ salário dos servidores estaduais

O pagamento do décimo terceiro salário dos servidores estaduais vai injetar cerca de R$ 430 milhões na economia neste fim de ano. A primeira parcela será paga nos dias 21 e 22 deste mês. Anunciado pelo governador Wilson Lima em outubro, o benefício deve aquecer o cenário econômico do estado no final e início do ano, gerando ainda um efeito multiplicador na economia.

É o que explica o secretário da Fazenda, Alex Del Giglio. “O efeito multiplicador se dá quando os recursos injetados na economia são utilizados dentro do estado. Como é provável que a maior parte desses recursos sejam utilizadas aqui, é possível que esse fator chegue a dobrar o montante injetado na economia”, declarou.

Segundo a Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead), mais de 77 mil servidores receberão o 13º salário. O pagamento será dividido em duas parcelas, que serão pagas em novembro e dezembro.

“O pagamento será semelhante ao salário, por grupo. No dia 21 de novembro, o Governo do Estado irá pagar os grupos 1 e 2: aposentados, pensionistas, policiais militares, bombeiros, servidores da capital e do interior da Susam e Secretaria de Educação e Desporto, e servidores do interior da Sefaz, Idam, Sepror, SNPH, UEA, Seap e Adaf. No dia seguinte, 22, receberão os demais servidores, que fazem parte do grupo 3”, explica Inês Carolina Simonetti, titular da Sead.

A segunda parcela segue cronograma semelhante e será depositada nos dias 19 e 20 de dezembro.

De acordo com o secretário Alex Del Giglio, o cumprimento das obrigações do Estado com o funcionalismo público só foi possível devido a uma política de reequilíbrio de contas do Governo, que promoveu ajustes importantes a fim de elevar a receita tributária, conter o crescimento das despesas públicas e melhorar a qualidade do gasto.

“Isso só foi possível graças a um esforço conjunto do Governo do Estado, com o apoio da Assembleia, em medidas de austeridade fiscal. Entre as principais, podemos destacar a Lei de Teto dos Gastos e a desvinculação de receitas obrigatórias, que abriram espaço para que tivéssemos mais recursos na fonte do tesouro”, avaliou Del Giglio.

Somam-se a esses fatores também ações como ajustes tributários, que permitiram incremento da arrecadação de impostos sem aumento da carga tributária e o Decreto de Qualidade do Gasto, que previa economia inicial de R$ 50 milhões ao mês, mas que vem superando a meta de redução de despesas desde junho, mês em que foi publicado.

Empregos – O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus, Ralph Assayag, diz que, só na capital, o comércio tem expectativa de contratação de 4 mil temporários neste fim de ano, mil a mais do que no ano passado, demonstrando reaquecimento da economia.

“Pelo menos 1.200 já estão contratados. Estamos nos preparando para a Black Friday e para o Natal”, diz Ralph.

Como os salários dos meses de novembro e dezembro serão creditados no início dos meses de dezembro e janeiro, respectivamente, a expectativa de entidade representativa do comércio é de que a alteração contribua para a sobrevida dos empregos temporários.

Segundo Ralph, a adaptação do calendário, que visa se adequar ao fluxo de caixa do tesouro estadual, pode ser positiva inclusive para o comércio. “Isso pode ser bom, porque em janeiro geralmente os lojistas já começam a demitir os temporários. E, tendo um salário a mais em janeiro, podemos estender a contratação desses funcionários por mais um mês”, declarou.

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-AM): Felipe Wanderley (98129-7281) e Juliana Maquiné Cruz (99382-0768).

Foto: Diego Peres/Secom

Polícia Militar, por meio do 4ª BPM, detém suspeito de furto em Humaitá

Polícia Militar, por meio do 4ª BPM, detém suspeito de furto em Humaitá

Policiais militares do 4º Batalhão de Polícia Militar de Humaitá detiveram, na madrugada desta segunda-feira (11/11), um homem suspeito de roubo no bairro São Cristóvão. Com ele, os policiais apreenderam um fogão de mesa, um receptor tecsat, sprays de tinta e vários utensílios de costura.

Os policiais que atenderam à ocorrência relataram que por volta das 0h30, durante patrulhamento na área, avistaram um suspeito carregando um fogão e uma mochila na rua Municipal II. Ao perceber a presença da polícia, o suspeito tentou empreender fuga, sendo logo alcançado. Durante abordagem e revista pessoal, os policiais encontraram todo o material que foi apreendido.

Ao ser questionado pelos policiais, o suspeito disse que tinha acabado de subtrair o material de uma residência localizada na Rua das Flores. Os policiais foram até o local, mas não encontraram os proprietários do imóvel. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao suspeito, que foi conduzido à delegacia do município para os procedimentos legais. 

FOTO: Divulgação/PMAM

Wilson Lima inaugura dois importantes ramais em Autazes e anuncia conclusão de mais quatro até o fim do ano

Wilson Lima inaugura dois importantes ramais em Autazes e anuncia conclusão de mais quatro até o fim do ano

O governador do Amazonas, Wilson Lima, inaugurou, nesta quarta-feira (06/11), dois importantes ramais para o escoamento da produção agrícola e deslocamento da população de Autazes (distante 113 quilômetros de Manaus): os ramais do Rosarinho e Iguapenú. Wilson Lima anunciou que até dezembro deste ano mais quatro ramais deverão ser entregues à população do município, onde o Governo do Estado investe R$ 63,2 milhões em obras de infraestrutura, sendo R$ 41,06 milhões destinados somente em ramais.

“Nesses 10 meses, conseguimos retomar obras que estavam paralisadas e inacabadas. Entregamos obras de qualidade para garantir mudanças na vida e na economia do município. O ramal do Iguapenú tem aproximadamente três quilômetros e dá acesso a AM-254. O ramal do Rosarinho faz a ligação do município de Autazes com o rio Madeira, fazendo a ponte com Nova Olinda do Norte e Borba. Fazendo esse trajeto com uma estrada pavimentada, o tempo para chegar a esses municípios vai diminuir, em média, quatro horas”, explicou o governador.

“Além disso, nós estamos recuperando mais outros quatro ramais aqui em Autazes, como forma de preparação desse município, entendendo o potencial que ele tem para a exploração do potássio, pesca esportiva, ecoturismo, entre outras atividades”, destacou Wilson Lima. “Dessa forma nós fomentamos a agricultura familiar, os produtores de leite, de queijo, os criadores de gado e, assim, geramos mais qualidade de vida para o povo que mora aqui. É dessa forma que a gente dá a devida importância para quem mora no interior, para aquelas pessoas que mais precisam dos serviços do Estado”, completou o governador.

Os ramais que serão entregues até dezembro são: Ramal do Rio Mutuca, com cerca de 11,2 km de extensão, localizado no km 52 da AM-254; Ramal da Açupuranga, com 6,2km de extensão, localizado no km 39 da AM- 254; Ramal do HSL, com cerca de 8,7 km de extensão, localizado no km 46 da AM-254; e Ramal do Jatuá, com cerca de 4,5 km de extensão, localizado no km 46 da AM-254.

Planejamento – O pacote de obras para o próximo ano é da ordem de R$ 22 milhões e são referentes a ramais que são pleitos da comunidade indígena do município de Autazes. Os ramais que estão no planejamento são: Marechal Rondon (4,7 km de extensão), localizado no km 91 da AM 254; e Ramal dos Índios (4,7 km de extensão), localizado no km 93 da AM-254. Além dos ramais, está no planejamento para 2020 as obras de manutenção das rodovias AM-254 (Manaquiri – Nova Olinda do Norte) e AM-354 (Estrada do Manaquiri).

Ramal do Rosarinho – Com 12,8 km quilômetros de extensão e sete metros de largura, o Ramal do Rosarinho é o mais importante dos incluídos na obra de implantação e recuperação de ramais de Autazes. Ele faz parte da rodovia AM-254, que interliga a cidade ao rio Madeira e à rodovia BR-319. As famílias que moram nos municípios adjacentes, como Nova Olinda do Norte e Borba, terão acesso à rodovia em tempo mais hábil de locomoção.

Os serviços realizados no Ramal do Rosarinho foram de terraplanagem, com reforço de base e sub-base, aterro e compactação, com pintura de ligação e pavimentação em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). O ramal também recebeu serviços de drenagem superficial e profunda, bem como sinalização horizontal. Dentro do perímetro urbano, o ramal recebeu calçada, meio-fio e sarjeta. Ao todo, foram 4 mil metros de calçada no perímetro urbano e 9,7 mil metros de meio-fio e sarjeta ao longo do Ramal do Rosarinho, cujo traçado coincide, em parte, com o da AM-254.

Ramal do Iguapenú – Com 2,9 km de extensão, o Ramal do Iguapenpú recebeu os mesmos serviços realizados no Rosarinho. Esse ramal tem sua entrada no km 93 da AM-254 e vai até à comunidade do Iguapenú.

“Estamos fazendo investimentos que geram empregos, dinamizam o turismo, fortalecem a integração, e, porque não dizer, resgatam a dívida do Estado para com o povo desta nossa região metropolitana. A Secretaria de Estado de Infraestrutura cumpre assim a determinação do governador Wilson Lima de levar, por meio da realização de obras estruturantes importantes como esta, o desenvolvimento econômico e social ao interior do estado”, frisou o secretário de Infraestrutura, Carlos Henrique Lima.

FOTO: DIEGO PERES/SECOM

No Amazonas, “Aprova Brasil” finaliza atividades do ano envolvendo 52 mil estudantes

No Amazonas, “Aprova Brasil” finaliza atividades do ano envolvendo 52 mil estudantes

Um encontro entre a Gerência de Educação Básica regular e professores participantes do “Aprova Brasil”  foi realizado na manhã desta quarta-feira (06/11), no Centro de Formação Profissional Padre José Anchieta (Cepan), na sede da Secretaria de Estado de Educação e Desporto. A reunião encerrou as atividades do projeto, que este ano atingiu 52 mil estudantes da Secretaria de Estado de Educação e Desporto.

Professores de Português e Matemática do 4º, 5º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental participaram do encontro e assistiram às palestras dos professores Maria Regina Vieira, de Português, e José Alcântara Filho, de Matemática. Ambos são pesquisadores de metodologia e são vinculados à Secretaria de Educação e Desporto.

A gerente de Ensino Regular, Sirlei Baima, disse que o objetivo das palestras é motivar os docentes. “É para que o professor saia daqui restabelecido, sabendo que finalizamos o percurso, mas ainda temos muita coisa para fazer ano que vem. Temos muitas melhorias para propor, muita lição de casa para trabalhar com os meninos, porque essa é nossa função”, destaca.

Programa – O projeto busca incentivar competências leitoras e matemáticas, por meio de exercícios e simulados, contribuindo para que os alunos tenham um melhor desempenho nas avaliações internas e externas. As atividades estão dispostas em livros didáticos, com exercícios de matemática e língua portuguesa voltados para o desenvolvimento de habilidades de resolução de problemas e simulação de avaliações nacionais.

O material foi apresentado a professores de 232 escolas estaduais, sendo 129 de Manaus, 66 da Região Metropolitana, e 37 do Baixo Amazonas, dos municípios de Parintins, Barreirinha, Nhamundá e Maués. No total, 52.212 alunos participaram do projeto neste ano.

O projeto entrou em vigor em junho, e desde então foram realizados três encontros de formação para os professores participantes. Os dados serão tabulados para apreciação e verificação dos resultados.

“É o momento de a gente auxiliar na consolidação das habilidades. Se esse aluno ainda não processou as habilidades mínimas para prosseguir o percurso estudantil, esse é o momento de a gente propor uma estratégia que vá realmente garantir essa aprendizagem”, ressalta Baima.

O objetivo da Gerência de Educação Básica para 2020 é não só continuar o projeto, mas ampliá-lo, além de inserir outros projetos pedagógicos.

FOTO: Cleudilon Passarinho/Secretaria de Estado de Educação e Desporto

Casal suspeito de espancar e de dar bebida alcoólica a crianças é detido

Casal suspeito de espancar e de dar bebida alcoólica a crianças é detido

Um homem de 42 anos de idade e sua companheira, que não teve o nome revelado, foram detidos em flagrante, nesta segunda-feira, 4, por volta das 16h, por policiais militares do 3º Pelotão de Polícia do Careiro da Várzea (a 25 quilômetros de Manaus). O casal é suspeito de maus-tratos e de dar bebida alcoólica a duas crianças, uma de 8 e outra de 7 anos de idade.

Segundo a Polícia Militar, a denúncia foi feita por vizinhos, que revelaram o caso ao Conselho Tutelar do município, que por sua vez acionou o Pelotão para acompanhá-los até ao endereço indicado, próximo à ponte Rio Capitari, Km 15 da rodovia BR-319. No local, integrantes do Conselho e policiais encontraram o casal completamente embriagado, e as duas crianças em estado de abandono, sujas e exalando forte odor de álcool.

Os policiais militares que acompanhavam a ação do Conselho Tutelar deram voz de prisão ao casal e o conduziram até a 34ª Delegacia de Polícia Civil do Careiro da Várzea. Por sua vez, as crianças foram acolhidas por parentes, que se responsabilizaram diante do Conselho Tutelar pela guarda e proteção dos mesmos.

Os conselheiros tutelares que acompanharam a ação representarão pelo indiciamento do casal. Além de responderem por maus tratos e abandono de incapaz, responderão também por desordem e desacato. O casal está à disposição da justiça.

Portal Canal Livre

Novembro Azul reforça necessidade de exames periódicos para diagnóstico precoce de câncer de próstata

Novembro Azul reforça necessidade de exames periódicos para diagnóstico precoce de câncer de próstata

“O homem não pode esperar os sintomas aparecerem para procurar o médico”. O alerta é do diretor-presidente da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), Gerson Mourão, que participou da abertura oficial da campanha Novembro Azul, na noite desta segunda-feira (04/11), na Prefeitura de Manaus, zona oeste da capital. O tema deste ano é “Homem, seja herói da sua saúde”, buscando sensibilizar a população masculina sobre o cuidado com a saúde, especialmente a prevenção ao câncer de próstata.

A campanha Novembro Azul acontece todos os anos para reforçar a importância da prevenção e do rastreamento para o diagnóstico precoce de doenças que acometem os homens. No Amazonas, a iniciativa é realizada pela Liga Amazonense Contra o Câncer (Lacc), em parceria com a Prefeitura de Manaus, por meio do Fundo Manaus Solidária e da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), e com a Sociedade Brasileira de Urologia no Amazonas (SBU-AM).

O câncer de próstata não apresenta sintomas na fase inicial. Por isso é reforçada a importância dos exames para diagnóstico precoce, como o PSA, de sangue, e o toque retal.

Em outros estágios, alguns sintomas exigem atenção e podem indicar a presença da doença ou de outras disfunções, como o fluxo urinário fraco ou interrompido, micção frequente, impotência, sangue no líquido seminal, dor ou odor na hora de urinar, perda de controle da bexiga ou do intestino devido à pressão do tumor sobre a medula espinhal.

“Eu não tenho nenhum desses sintomas, mas nem por isso deixo de fazer meus exames. O homem não pode esperar os sintomas aparecerem para procurar o médico”, destacou o diretor-presidente e mastologista da FCecon, Gerson Mourão.

Estigma – A vergonha de fazer o exame de toque retal é um perigo aos homens. “Este estigma só dá prejuízo. Não fazendo os exames periodicamente, é certeza absoluta que vão fazer o diagnóstico em uma fase mais adiantada. E fase mais avançada significa tratamento mais prolongado, quimioterapia e índice de cura muito menor do que quando se faz o diagnóstico precoce”, alertou o vice-presidente da Lacc, o mastologista Jesus Pinheiro.

O médico contou que passou, em janeiro deste ano, por uma cirurgia para tratar um câncer de próstata. O procedimento foi simples por ter descoberto a doença na fase inicial. 

Pinheiro destacou a importância de as mulheres encorajarem seus maridos e familiares a fazerem os exames periódicos. “Pegue na mão do seu marido e leve pra fazer os exames periódicos. Só assim vamos reduzir os casos avançados”, afirmou.

Acompanhamento e exames – A SBU recomenda que os homens iniciem a avaliação do risco de câncer da próstata a partir dos 50 anos. Há dois grupos que devem iniciar o rastreio aos 45 anos: homens com histórico da doença na família e negros. Os exames de rastreio são o toque retal e o exame de sangue, o PSA.

Números – A estimativa mais recente do Instituto Nacional de Câncer (Inca) aponta 68.220 novos casos de câncer de próstata no Brasil, anualmente; no Amazonas, são esperados 580 casos. De janeiro a setembro de 2019, o serviço de Urologia da FCecon realizou 2.587 consultas urológicas.

FOTO: Laís Motta/FCecon

Wilson Lima destaca incentivo à cadeia produtiva do pirarucu manejado com novas unidades de beneficiamento, em Fonte Boa

Wilson Lima destaca incentivo à cadeia produtiva do pirarucu manejado com novas unidades de beneficiamento, em Fonte Boa

O governador Wilson Lima participou, nesta segunda-feira (04/11), da inauguração de iniciativas para o fortalecimento da cadeia produtiva de manejo do pirarucu na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, em Fonte Boa (a 678 quilômetros de Manaus). A unidade de beneficiamento, o entreposto de pescado e o complexo frigorífico inaugurados receberam recursos do Fundo Amazônia e vão beneficiar mais de 500 famílias. No município, o governador também anunciou a retomada de obras em escolas estaduais.

Os recursos foram repassados por meio de projetos selecionados no Edital Floresta em Pé, da Fundação Amazônia Sustentável (FAS) e Fundo Amazônia, que é gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O edital apoia iniciativas sustentáveis de geração de renda no Amazonas.

A unidade básica de beneficiamento de pescado para processamento do pirarucu, que foi inaugurada nesta segunda-feira na RDS Mamirauá, tem capacidade de produção de até 1,5 tonelada de pescado por dia, devidamente embalados e rotulados. A unidade recebeu apoio de R$ 150 mil, beneficiando diretamente 84 famílias de pescadores por meio da Associação de Pescadores e Pescadoras Profissionais Artesanais de Fonte Boa.

Durante a inauguração, Wilson Lima ressaltou a importância do trabalho de manejo do pescado realizado nas Unidades de Conservação (UCs) coordenadas pelo Governo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema).

“Isso aqui é um exemplo de desenvolvimento sustentável, que tanto se propaga mas que, na prática, poucas pessoas conseguem dizer efetivamente o que é. Há um discurso mundo afora falando sobre isso. Esse daqui é um exemplo de manejo, é um desenvolvimento sustentável, porque aqui em alguns lagos são distribuídas cotas para a captura desse pirarucu, mas com o compromisso de que ali fica pelo menos 70% do que está naquele lago e aí, daqui um período de 10 meses a um ano, é que os pescadores voltam ali para capturar esses animais”, afirmou o governador.

Wilson Lima, acompanhado do superintendente da FAS, Virgílio Viana, também participou da inauguração de um entreposto de beneficiamento e salga de pescado, que recebeu um investimento de R$ 150 mil, por meio da Associação de Moradores e Usuários da RDS Mamirauá/Antonio Martins (Amurmam), beneficiando 441 famílias de pescadores que vivem em dez comunidades ribeirinhas da RDS Mamirauá.

“Eu acho que o governador, ao visitar essa unidade de beneficiamento de pescado, ele aponta para um compromisso do Governo do Estado com aquilo que nós vemos como o caminho mais promissor, que é fazer com que a natureza tenha mais valor em pé do que derrubada, que o lago protegido tenha mais valor conservado do que explorado de forma predatória. É simples, é fácil de ser dito, mas é difícil de ser realizado. E são realizações como esta que nos dão força para seguir na luta”, afirmou Virgílio Viana.

O presidente da Associação de Pescadores de Fonte Boa, Aberlan Dias de Matos, é pescador há pelo menos 30 anos e comentou sobre as vantagens de fazer o manejo do pescado sem agredir a natureza.

“É uma alegria enorme você saber que está tirando da natureza mas também está deixando para a natureza se recuperar. Isso é o manejo. Hoje nós tiramos 20% daquilo que é contado. A gente fica muito feliz do nosso pescador fazer o manejo de forma bem adequada. O manejo só trouxe benefício!”, ressaltou Aberlan.

Wilson Lima também participou, ainda, da entrega de um complexo frigorífico, formado por um túnel de congelamento para cinco toneladas de pescado e uma câmara frigorífica para armazenamento, com capacidade para 40 toneladas. Tal ação recebeu investimento de R$ 300 mil do Fundo Amazônia/BNDES via Programa Floresta em Pé, da FAS, por meio da Amurmam, beneficiando as mesmas 441 famílias de pescadores que vivem em dez comunidades ribeirinhas da RDS Mamirauá.

Obras em Fonte Boa – Durante as inaugurações, o governador do Amazonas anunciou a retomada das obras do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) de Fonte Boa, que iniciaram em 2015 e pararam em 2018. Os trabalhos, que estavam parados há mais de 10 meses, devem ser reiniciados em 10 dias.

Além disso, o governador anunciou também o início da recuperação da estrutura da Escola Estadual Zulmira Lins para o próximo ano, também no município.

Foto: Diego Peres/Secom