Criação de um novo partido pode ser alternativa para Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, reacendeu o debate sobre uma eventual mudança de legenda, nesta terça-feira (8), após comentários críticos ao Partido Social Liberal (PSL) e ao seu presidente, o deputado federal Luciano Bivar (PE).

Um dos caminhos de Bolsonaro seria criar uma legenda do zero, a partir da coleta de assinaturas. Apesar de ser vista como menos provável, a alternativa está sendo pavimentada.

O partido seria batizado de Conservadores. Segundo o jornal O Globo, aliados do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) estariam, inclusive, finalizando o estatuto dessa nova legenda.

Uma segunda possibilidade é Bolsonaro migrar para outra legenda. Algumas delas já começam a se movimentar na tentativa de atrair o presidente.

Siglas como o Patriota e a UDN — esta em vias de ser criada — são as opções mais prováveis no momento.

“Sempre fui fiel ao presidente. A última conversa que eu tive com ele foi para dizer: as portas estão abertas e no dia que você precisar, você tem tudo neste partido, porque eu admiro demais o seu trabalho e eu sou um dos seus fãs neste país”, afirmou Adilson Barroso, presidente do Patriota.

“Estamos de braços abertos para a família Bolsonaro”, disse o ativista Marcus Alves, fundador e presidente da UDN.