Bretas volta a barrar viagem de Temer ao exterior

O juiz federal Marcelo Bretas voltou a negar, nesta segunda-feira (18), um pedido de viagem ao exterior feito pelo ex-presidente Michel Temer, do MDB.

Em despacho, Bretas rejeitou restituir o passaporte diplomático do ex-presidente e ainda conceder autorização para que viajasse à Espanha, de 25 de novembro a 1º de dezembro, para participar de dois eventos, informa o jornal Folha de S.Paulo.

Após pedido de procuradores da Lava Jato do Rio de Janeiro que investigam supostos desvios na usina nuclear de Angra, Temer ficou atrás das grades em duas ocasiões neste ano.

No documento, Bretas afirma que a situação de Temer “não é igual à de um indivíduo em plena liberdade”. 

O magistrado disse ainda que a prisão foi substituída por medidas alternativas que incluem a proibição de se ausentar do país sem autorização judicial.