Estado retoma o controle de penitenciária após rebelião com pulso firme

O secretário de Segurança Pública (SSP-AM), Louismar Bonates acaba de confirmar que a rebelião esta encerrada. Os agentes penitenciários, possivelmente sete, que haviam sido feitos reféns dos rebelados, foram liberados.

Conforme Bonates, a morte de preso não foi confirmada. Haviam apenas feridos, mas sem gravidade.

A rebelião

Com reféns sob a mira de armas, alguns exibidos nas caixas d’água do presídio. Assim como ostentando bandeiras improvisadas com lençóis com siglas de facções que ainda hoje, três anos depois do maior massacre entre presos, dominam o sistema prisional do Amazonas.

Desde as primeiras horas da manhã a UPP estava sob domínio dos rebelados. Depois de causarem incêndios, eles começaram a destelhar pavilhões. E ao mesmo tempo jogar as telhas para dentro e fora do presídio.

Estado retoma controle

Às 11:30 a secretaria de segurança pública, comandada por Louismar Bonates, adentrou as dependencias do presídio e com ”mão forte” retomou o controle da Penitenciária. O Estado mostrou mais uma vez que está lutando firme e forte contra o crime organizado, seja ele dentro ou fora dos presídios.

Em seguida os policias subiram na caixa d’água e hastiaram a bandeira do Estado do Amazonas mostrando que é o Estado que manda.