Enquanto em vários estados ainda ocorrem investigações de possíveis fraudes eleitorais que podem mudar os resultados das eleições presidenciais americanas, o Papa Francisco, nesta quinta-feira (12), parabenizou antecipadamente o candidato Joe Biden, que agradeceu por sua “bênção e parabéns”, segundo um comunicado da equipe de campanha de Biden.

De acordo com a Reuters, Biden disse ao papa que queria trabalhar junto a ele em questões de “como cuidar dos pobres, abordar a mudança climática e receber imigrantes e refugiados”.

Em setembro, o Papa Francisco se recusou a se encontrar com o Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, alegando que ele não queria se encontrar com “figuras políticas” durante as eleições, segundo o site Politico.
Com informações Conexão Política