PF no gabinete e em imóveis do tucano José Serra

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (21), uma operação que investiga suposto caixa 2 na campanha de José Serra (PSDB) ao Senado Federal em 2014. 

As investigações apontam que o tucano teria recebido R$ 5 milhões em doações não contabilizadas feitas a mando do empresário José Serpieri Júnior, da Qualicorp, alvo de mandado de prisão, destaca o portal G1.

A operação, que recebeu o nome de “Paralelo 23”, é uma nova fase da Lava Jato que apura crimes eleitorais e é feita em conjunto com o Ministério Público Eleitoral (MPE)

Por volta das 8h50, três dos quatro mandados de busca e apreensão já tinham sido cumpridos por agentes da PF.