Tite convoca Gabigol, Rodrigo Caio e Gabriel Jesus para jogos amistosos

Tite convoca Gabigol, Rodrigo Caio e Gabriel Jesus para jogos amistosos

O técnico Tite convocou na manhã desta sexta-feira (20), a Seleção Brasileira para os dois próximos compromissos da equipe, marcados para os dias 10 e 13 de outubro, contra Senegal e Nigéria, respectivamente. Os dois amistosos serão disputados em Singapura. 

Com 23 nomes, a lista conta com alguns retornos e também três estreantes. Rodrigo Caio e Gabriel Barbosa, que conquistaram a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, estão de volta. Gabriel Jesus retorna após suspensão, assim como Danilo também foi chamado novamente. Já os convocados pela primeira vez são o goleiro Santos, o lateral-esquerdo Renan Lodi e o meia Matheus Henrique.

“É desafiador ter bom senso. Eu procuro na minha vida profissional olhar os diferentes lados das situações para que todos possam ganhar. Nesse momento está a Seleção, estão clubes e estão atletas. O presidente Landim nos conhece muito bem, conhece o trabalho e nos acompanha. E sabe o quanto que a gente tem de cuidado quanto isso. Conciliar todos os fatores nesse ganha-ganha não dá, é impossível. Eu vi manifestação do Gabriel Barbosa de quanto teria de orgulho estar na seleção brasileira. Agora é o período de preparação, agora vai chegar período de Eliminatórias, Copa do Mundo e Copa América. Para formar essa equipe final, tenho que oportunizar”, destacou o técnico Tite.

Desejo antigo da comissão técnica, enfrentar duas fortes seleções africanas será um excelente teste para a Seleção Brasileira. É o que garante o técnico Tite, que teve a oportunidade de enfrentar apenas Camarões até aqui. Na ocasião, Richarlison marcou o gol da vitória por 1 a 0.

Confira a lista de convocados:

GOLEIROS

Ederson – Manchester City (ING)
Santos – Athletico 
Weverton – Palmeiras

LATERAL DIREITA

Daniel Alves – São Paulo
Danilo – Juventus (ITA)

LATERAL ESQUERDA

Alex Sandro – Juventus (ITA)
Renan Lodi – Atlético de Madri (ESP)

ZAGUEIROS

Rodrigo Caio – Flamengo
Marquinhos – Paris Saint Germain (FRA)
Thiago Silva – Paris Saint Germain (FRA)
Eder Militão – Real Madrid (ESP)

MEIAS

Casemiro – Real Madrid (ESP)
Fabinho – Liverpool (ING)
Arthur – Barcelona (ESP)
Matheus Henrique – Grêmio 
Lucas Paquetá – Milan (ITA)
Philippe Coutinho – Bayern Munique (ALE)

ATACANTES

Richarlison – Everton (ING)
Gabriel Barbosa – Flamengo
Gabriel Jesus – Manchester City (ING)
Roberto Firmino – Liverpool (ING)
Neymar – Paris Saint Germain (FRA)
Everton – Grêmio 

*Com informações da CBF.

Visando o Amazonense Série B, elenco do São Raimundo começa a tomar forma

Visando o Amazonense Série B, elenco do São Raimundo começa a tomar forma

“O campeonato é de ‘tiro curto’, então temos que começar forte desde o primeiro dia”. Assim o português Paulo Morgado, treinador do São Raimundo, define a disputa do Amazonense Série B. Um dos favoritos para conseguir o acesso à elite, o Tufão da Colina tem trabalhado forte, como pede Morgado, ainda na construção do elenco.

Nessa terça-feira (3), os laterais Igor e Tubarão e os meias Juninho e Tiago Amazonense foram anunciados pelo clube e se juntaram ao experiente centroavante Marinho – que pretende encerrar sua carreira após a disputa da ‘segundinha’ pelo São Raimundo. Com orçamento reduzido, o Tufão tenta mesclar a experiência e a juventude dos garotos das categorias de base.

Em contato com a reportagem, Anderson Belchior, diretor de futebol do São Raimundo, afirmou que, no mínimo, três jogadores serão anunciados nesta quarta-feira (4). “Os jogadores vem primeiramente para a disputa da Série B. Dependendo dos resultados, há renovação”, apontou Belchior, que espera que o elenco do Tufão da Colina seja formado por 22 jogadores.

Com a missão de guiar o São Raimundo de volta à Série A, o treinador Paulo Morgado admite que a responsabilidade é grande. “É um clube com história, títulos e uma grande torcida. Não há margem de erro nesse campeonato (Série B do Amazonense). Vamos tentar fazer o melhor para conseguir o objetivo principal que é o acesso”, ressaltou o técnico Paulo Morgado.

O primeiro desafio do São Raimundo será no dia 12 de outubro, contra o Tarumã. Já o período de treinos está previsto para iniciar no dia 17 deste mês, ainda sem local definido, de acordo o diretor de futebol Anderson Belchior.

Manaus FC anuncia empréstimo do atacante Mateus Oliveira ao XV de Piracicaba

Manaus FC anuncia empréstimo do atacante Mateus Oliveira ao XV de Piracicaba

Após renovar com o atacante Mateus Oliveira, o Manaus FC anunciou o empréstimo do atleta ao XV de Piracicaba para a disputa da Copa Paulista, competição que reúne times tradicionais de São Paulo e dá ao campeão e ao vice uma vaga na Copa do Brasil ou na Série D do Campeonato Brasileiro em 2020 – quem levantar a taça escolhe qual torneio disputar. O centroavante terminou a temporada em alta e foi vice-artilheiro da Quarta Divisão, com oito gols.

“Espero ajudar meus novos companheiros em busca desse título. É uma oportunidade boa para minha carreira, depois de um bom ano com a camisa do Manaus. Todo jogador quer estar atuando e acredito que todo mundo ganha com esse empréstimo. Sei que é uma competição difícil, com várias equipes de qualidade, mas vou com o objetivo de fazer gols e colaborar com a equipe dentro de campo”, disse o jogador.

Na última sexta-feira (24), o XV sacramentou sua passagem para a segunda fase da competição como líder do grupo 2 ao bater o Noroeste por 2 a 1, em casa. Agora na chave 6, os adversários do Nhô Quim serão Água Santa, Nacional e Mirassol. De acordo com o presidente do tricampeão amazonense, Giovanni Silva, o empréstimo servirá para manter Mateus em atividade e, quem sabe, valorizar ainda mais o atleta. Ele se apresenta ao time de Piracicaba nesta terça-feira (27).

“A Copa Paulista é um torneio que envolve equipes tradicionais de São Paulo, todos em busca do título para garantir um calendário melhor para 2020. Acreditamos muito na capacidade do Mateus e temos certeza de que ele ajudará o XV em busca desse título que eles tanto almejam. Além de ser bom para eles, também é para nós, que ficaremos observando e na torcida por um desempenho do nosso jogador”, disse o dirigente.

O camisa 99 do Gavião do Norte, nesta temporada, foi o primeiro jogador a renovar com o clube para 2020. Além dele, os goleiros Jonathan e Bruno Saul, e o atacante Vitinho já estão garantidos para a próxima temporada. A diretoria do Gavião do Norte segue trabalhando para manter parte do elenco que conquistou o tricampeonato amazonense e o acesso à Série D.

Ingressos de arquibancada para Manaus e Brusque estão esgotados

Ingressos de arquibancada para Manaus e Brusque estão esgotados

Os ingressos de arquibancada para a decisão da Série D, entre Manaus FC e Brusque, estão esgotados. O clube amazonense informou, via redes sociais, que restam apenas ingressos para a área vip, que custa R$ 100 e tem venda exclusiva na Arena Amadeu Teixeira. 

A área vip fica na arquibancada central, com visão privilegiada do campo, e oferece também água e refrigerantes liberados. Quem garantir um dos espaços no setor tem direito, também, a um ‘tururi’ especial, que será entregue aos torcedores nesta sexta-feira e sábado. Para o setor, foram colocados à venda apenas dois mil ingressos. Com isso, já pode-se afirmar que mais de 42 mil entradas para a partida já foram vendidas. 

Uma vitória simples garante o inédito título ao Manaus FC. Em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis. Caso o Brusque vença, leva o título para Santa Catarina. Na primeira partida, em Brusque, o resultado foi de 2 a 2.  Os portões para a partida serão abertos às 13h deste domingo. A recomendação é de que os  torcedores cheguem cedo para evitar problemas no deslocamento e acesso ao estádio. 

Promoção

O Portal A Crítica fará duas promoções para a partida. A primeira, lançada hoje, vai sortear oito pares de ingressos para o jogo de domingo. Para saber as regras, acompanhe o @portalacritica no Instagram e também no Facebook. Na quinta-feira, será lançada outra promoção, que vai sortear uma camisa oficial do Manaus FC. Siga-nos nas redes sociais e não perca essas oportunidades. 

Casa cheia: mais de 15 mil ingressos vendidos para Manaus x Brusque

Casa cheia: mais de 15 mil ingressos vendidos para Manaus x Brusque

Mais de 15 mil ingressos já foram vendidos para a grande decisão da Série D do Campeonato Brasileiro entre Manaus FC e Brusque, que jogam neste domingo, na Arena da Amazônia, a partir das 15h. O balanço foi apresentado pelo diretor-administrativo do Manaus FC, Bismarck Miranda, em entrevista transmitida ao vivo na página do Facebook do Portal A Crítica. 

Uma vitória simples garante o inédito título ao Manaus FC. Em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis. Caso o Brusque vença, leva o título para Santa Catarina. Na primeira partida, em Brusque, o resultado foi de 2 a 2. 

De acordo com o dirigente, a expectativa é de que até a sexta-feira, todos os 44.400 ingressos disponíveis para a partida estejam vendidos. As vendas começaram na manhã desta segunda-feira e seguirão até que todos os ingressos sejam vendidos. O valor é de R$ 30 (meia-entrada promocional). “A expectativa é de que até sexta-feira estes ingressos estejam todos vendidos. Não tenho dúvidas que bateremos mais um recorde”, afirmou Bismarck Miranda.

Os portões para a partida serão abertos às 13h deste domingo. A recomendação é de que os  torcedores cheguem cedo para evitar problemas no deslocamento e acesso ao estádio. “Se puder chegar cedo, chegue, porque o fluxo de gente vai ser muito grande. É um pedido da diretoria, então pedimos que o torcedor se programe. E se puder pegar um táxi, carro de aplicativo ou ônibus, será bem melhor”, alertou o dirigente. 

Promoção

O Portal A Crítica fará duas promoções para a partida. A primeira, lançada hoje, vai sortear oito pares de ingressos para o jogo de domingo. Para saber as regras, acompanhe o @portalacritica no Instagram e também no Facebook. Na quinta-feira, será lançada outra promoção, que vai sortear uma camisa oficial do Manaus FC. Siga-nos nas redes sociais e não perca essas oportunidades. 

Confira os pontos de venda de ingressos para o jogo de domingo;

Os Barés, no Manauara Shopping;

Boutique do Torcedor, na avenida Carvalho Leal, bairro Cachoeirinha;

Bilheteria do Estádio Ismael Benigno (Colina), no bairro São Raimundo;

Bilheteria da Arena Amadeu Teixeira, no bairro Flores;

Digo’s Sport, no bairro Crespo;

X Cases do Shopping Ponta Negra;

Todas as lojas Hiper Sport.

‘Pensamento é fazer o melhor para o Nacional’, diz Regly sobre jogo em Belém

‘Pensamento é fazer o melhor para o Nacional’, diz Regly sobre jogo em Belém

O Nacional foi derrotado na quarta-feira (7) para o Paysandu por 1 a 0 na Colina. A partida valeu pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Verde e o resultado deixou o time de Aderbal Lana com uma missão complicada para o segundo jogo. 

Com a derrota nos primeiros 90 minutos do confronto, o Leão da Vila Municipal terá duas semanas para trabalhar pensando na reversão da vantagem construída pelo time paraense. A segunda partida acontece no dia 20, uma terça-feira, no estádio da Curuzu, casa do Papão.

Goleiro da equipe amazonense e responsável por intervenções importantes no jogo de ida, André Regly já pensa no segundo jogo. “Não dá mais para lamentar a derrota. Temos que seguir em frente e trabalhar para conseguirmos fazer um grande jogo em Belém”, afirmou.

Mesmo derrotado, o Naça teve chances para sair da Colina com um resultado melhor, o que anima para o segundo jogo, em Belém. “Tínhamos condições de conseguir um resultado positivo. Vamos aproveitar esse período para intensificar os treinos. Nada está perdido”, comentou o meia Tiago Amazonense. 

Liberada nessa quinta-feira (8), a equipe volta às atividades na tarde hoje. Para garantir a classificação, o time de Lana precisa vencer por dois gols de diferença em Belém. Quem avançar enfrenta o Bragantino-PA ou Santos-AP nas quartas de final da Copa Verde.

Sem medo do ‘Bicho Papão’: Nacional enfrenta o Paysandu na Copa Verde 2019

Sem medo do ‘Bicho Papão’: Nacional enfrenta o Paysandu na Copa Verde 2019

O Nacional recebe o Paysandu-PA, em solo amazonense pela Copa Verde 2019, após bater o Humaitá-AC na primeira fase da competição. Atualmente, o time paraense é o melhor colocado no ranking da CBF entre os clubes da região Norte e estava pré-classificado para as oitavas de finais. Será o vigésimo quinto confronto entre os dois clubes, que duelam hoje (7), no estádio Ismael Benigno, a Colina, às 20h. 

Histórico da rivalidade

A rivalidade entre os dois gigantes do Norte é datada desde 1964, quando se enfrentaram pela primeira vez, na Taça Brasil. Do lado Nacionalino, são quatro vitórias, nove derrotas e 11 empates no duelo. As equipes se enfrentaram em sete edições do Campeonato Brasileiro, também na Copa João Havelange, em 2000, Copa Norte e Copa do Brasil, em 2001. O confronto mais recente aconteceu também pela Copa Verde em 2015, quando a equipe nacionalina foi eliminada pelo Papão, nas quartas de finais. 

Contra outro gigante paraense, o Nacional também enfrenta um grande tabu, diante do Remo, em 2014 foi eliminado na Copa Verde e novamente em 2016, caiu diante do Leão azul, na inauguração da Arena da Amazônia. 

Comandante Lana

Apesar do maior número de vitórias paraenses, a equipe nacionalina conta com elenco reforçado para a disputa da Copa Verde 2019 e também conta com a experiência do técnico Aderbal Lana. Com passagens em vários clubes regionais e diversos títulos importantes, o mineiro é o técnico mais vitoriosos do futebol amazonense. O treinador já comandou três times diante do Paysandu: Nacional, São Raimundo-AM e Manaus FC. No total, Lana possui 15 jogos contra o Papão da Curuzu na sua carreira como técnico: três vitórias, dez derrotas e dois empates. Em 2001, comandando o Tufão, triunfou sobre os paraenses na final da Copa Norte, com uma derrota no jogo de ida por 1 a 0 e vitória pelo mesmo placar no Vivaldão, sagrando-se campeão por melhor campanha no torneio. Assim, no único jogo em que Lana disputou título contra o Paysandu, saiu vitorioso. 

Para ajudar o técnico na difícil missão de superar o clube paraense nas oitavas de finais, Lana conta com um dos destaques da Copa Verde até o momento: o lateral artilheiro Paulinho. Com cinco gols na temporada e versatilidade em campo, na primeira fase, o jogador marcou dois gols no Humaitá-AC, um pelo jogo de ida e outro na volta.

“Estamos todos com o mesmo pensamento, o mesmo objetivo, na expectativa de fazer um ótimo jogo dentro da atenção que o professor tem cobrado, e buscando aproveitar as oportunidades que aparecerem” disse.

Sobre seu momento artilheiro no Leão, o jogador revelou buscar sempre o equilíbrio entre o ataque e defesa. “As orientações do Lana são fundamentais, ele está sempre ali dosando os momentos que a gente tem que subir, o segredo está nessa dosagem” completou.

Com show de lutas, Coari Champions 3 ‘eletriza’ 30 mil pessoas no AM

Com show de lutas, Coari Champions 3 ‘eletriza’ 30 mil pessoas no AM

O centro cultural do município de Coari ficou pequeno na madrugada deste domingo (4), para mais de 30 mil pessoas que foram prestigiar o Coari Champions 3.Uma das presenças marcantes do evento foi o ex-campeão e embaixador do Ultimate Fighting Championship (UFC), Rodrigo Minotauro, que veio pela primeira vez ao município e acompanhou de perto todos os combates.

“Um grande evento, acredito que um dos maiores do Norte. Tudo isso foi uma grande festa com pessoas importantes e como trabalho no UFC, além de ter vindo participar da festa da cidade, pude olhar muitos talentos do MMA”, declarou Minotauro.

A noite de duelos contou com alguns destaques, como a vitória por nocaute técnico de Raylla Nascimento contra Thayse Menezes, aos 3 minutos e 36 segundos do primeiro round, na categoria peso palha.

Outro combate eletrizante foi marcado pela finalização, aos 3 minutos e 8 segundos do segundo round. O indígena macuxi Leandro Kacique calou a torcida do coariense Geanderson Monstrinho, mas mostrou grandeza ao agradecer a recepção do povo da terra do gás.

“Foi uma satisfação ter feito uma boa luta e ter dado um show para galera. Vim de tão longe, lá de Boa Vista(RR), e não lutei só com um oponente, mas com uma cidade toda. Agradeço por terem me recebido tão bem”, expressou o lutador indígena.

Disputa de Cinturão

No card principal do evento de MMA teve desafio de cinturão, entre o filho de Coari Gilliarde Wolverine e o manauara Mauricio Almeida na categoria peso mosca. Sem as garras do herói dos quadrinhos, mas com muita força nos punhos calçados com luvas, Wolverine venceu por decisão unânime dos juízes e permaneceu com o cinturão.

“Foi uma luta muito dura, mas a gente treina e batalha de sol a sol pra chegar a vitória. E graças a Deus deu tudo certo e pude ficar com o cinturão”, ressaltou Wolverine.

Luta mais rápida

Com 1 minuto e apenas 15 segundos do primeiro round, o Garoto prodígio de Coari, Hearle Martins, além de nocautear o adversário de Manacapuru Eulisom Blade na categoria peso médio, surpreendeu e anunciou o fim da sua jornada no MMA com cartel de duas lutas e duas vitórias.

“Fico muito feliz de ter hoje aqui o Minotauro vendo uma luta minha, porque sempre assistia ele antes na televisão. Mas como tenho minha vida de empresário, decidi que essa foi minha última luta”, declarou Hearle.

Show do Capoeira

No embate mais aguardado da noite, após cinco anos sem lutar em casa, Herdeson Capoeira venceu por nocaute técnico o paraense Well Mutante na categoria meio médio. A luta foi até os 4 minutos e 4 segundos do primeiro round, e levou toda a multidão a loucura.

Capoeira além de agradecer o apoio e a festa de todo o povo coariense, também fez homenagem a um amigo que perdeu para a depressão.

“Foi muito bom lutar hoje aqui, conseguir vencer na minha cidade. Agradeço a todos que vieram aqui. Queria fazer uma homenagem ao meu amigo Matheus que tirou sua vida. Queria deixar uma mensagem de que depressão não é frescura, é a doença do século”, concluiu Herdeson Capoeira.

Manaus enfrenta Jacuipense-BA pelo jogo de volta da semifinal da Série D

Manaus enfrenta Jacuipense-BA pelo jogo de volta da semifinal da Série D

Neste sábado, a equipe do Manaus viverá mais um importante capítulo de sua – ainda curta – história. Na Arena da Amazônia, às 17h (horário local), o Gavião do Norte recebe o Jacuipense-BA pelo jogo da volta da semifinal do Brasileiro da Série D e precisa apenas de uma vitória simples para garantir vaga na final da competição. No jogo de ida, a partida terminou empatada em 1 a 1, na cidade baiana de Riachão do Jacuípe. Negueba, lateral do Manaus, chegou a desperdiçar um pênalti, que colocaria a equipe amazonense em vantagem.

Caso avance à final, a classificação será marcante para a história do futebol amazonense. Depois do América, o Manaus pode se tornar o segundo clube do Amazonas a disputar uma final de campeonato nacional. Primeiro time baré a brigar pela taça da Quarta Divisão, o ‘Mequinha’ disputou a final da Série D no ano de 2010, contra o Guarany de Sobral-CE, e foi derrotado. Após a grande decisão, a equipe de Seu Amadeu ainda perdeu a vaga na Série C por conta de escalação irregular.

Precisando de gols

A situação da partida de logo mais lembra um momento vivido há duas semanas, quando o Manaus disputou o acesso ao Brasileiro da Série C contra o Caxias, também na Arena, e precisava da vitória – naquela ocasião, por dois gols de diferença. Hoje, embora com uma missão mais tranquila, já que avança se vencer pela vantagem mínima de gols, o Manaus vai em busca do gol desde o primeiro minuto. Mateus Oliveira, artilheiro da equipe na competição com oito gols, ao lado de Hamilton, está suspenso e não joga.

Contudo, para furar o bloqueio baiano, o torcedor sabe que pode contar com Rossini. Contra os gaúchos do Caxias, a partida tomava contornos dramáticos quando o camisa 10 estufou as redes pela primeira vez no jogo. Depois, o meia ainda marcou mais um antes de Mateus fechar a conta. Zerado até aquele dia, esses foram os primeiros gols de Rossini nesta edição da Série D, mas logo em um momento decisivo da temporada do clube. 

Ainda que tenha saído machucado na quarta-feira (31), no confronto contra o Sobradinho-DF pela Copa Verde, Rossini se recuperou bem e está à disposição da comissão técnica. Contra o Jacuipense-BA, o camisa 10 é um dos favoritos a ser o nome do jogo. “Fico feliz de estar fazendo gols importantes. Deus vem me coroando. É fruto de um trabalho que eu venho fazendo, buscando melhorar sempre para ajudar minha equipe”, destacou Rossini.

Desfalques e retornos

Se na ida o Manaus não contou com o capitão Derlan, hoje outro volante desfalca a equipe por suspensão. Com o cartão amarelo tomado no primeiro confronto, Panda não joga e deve dar espaço a Márcio Passos. Também no setor defensivo, o zagueiro Patrick Borges não treinou na última atividade realizada ontem (2) e virou dúvida pro duelo de hoje. Ele também esteve fora do primeiro jogo por estar suspenso e o foi substituto por Martony.

Pelo lado do Jacuipense-BA, Danilo Rios não se recuperou a tempo de uma lesão no pé e também fica de fora do segundo jogo. O meia é conhecido do torcedor amazonense por conta da ótima temporada com a camisa do Nacional na temporada  de 2013.

Na outra semifinal, Brusque-SC e Ituano-SP brigam pela segunda vaga da decisão. No jogo de ida, em Itu, vitória do Ituano por 2 a 0 sobre a equipe catarinense. O jogo da volta acontece amanhã (4), na casa do Brusque, que precisa reverter a vantagem construída pelos paulistas no primeiro confronto.

Vivendo sequência de jogos, Manaus se preocupa com desgaste dos jogadores

Vivendo sequência de jogos, Manaus se preocupa com desgaste dos jogadores

Na quarta-feira (31), o Manaus caiu precocemente na Copa Verde. Mesmo vencendo por 2 a 1, na Arena, a equipe amazonense não conseguiu reverter a vantagem construída pelo Sobradinho-DF na partida de ida, em Luziânia, no interior de Goiás.

Agora, mais do que vivo no Brasileiro da Série D, o Gavião do Norte tem pela frente o jogo da volta das semifinais, neste sábado (3). Na primeira partida, no último domingo (28), empate em 1 a 1 na casa do Jacuipense-BA. O lateral Negueba ainda perdeu um pênalti, que colocaria o Manaus à frente do placar.

Visando o confronto de sábado, o clube trabalha com a recuperação dos jogadores. E a sequência tem sido dura. Desde o acesso, a equipe do Manaus tem jogado após períodos curtos de treinos e recuperação. Somado aos deslocamentos – com longas escalas nas viagens -, alguns atletas começam a sentir o desgaste da maratona de jogos. 

Após a eliminação, o treinador Welington Fajardo valorizou o empenho dos atletas, mas mostrou preocupação pensando no jogo de sábado. “O nível de esforço dos atletas foi muito grande, o que me preocupa para o jogo de sábado, que é decisivo. Agora temos que fazer o possível para recuperarmos os jogadores e seguirmos rumo à final”, afirmou.

Presença Incerta

Na quarta-feira, dois atletas sentiram desconforto. Ainda no primeiro tempo, Rossini foi substituído após sentir a coxa direita. Depois, Igor, na etapa complementar, sentiu a cãibras na panturrilha direita.

Ontem, no dia seguinte ao jogo, Rossini apresentou melhora, mas a presença no jogo de sábado ainda é incerta. Já Igor não preocupa e deve estar à disposição do treinador Fajardo no sábado, contra o Jacuipense-BA, no jogo de volta da semifinal da Série D.