Colômbia pede autorização para capturar guerrilheiros na Venezuela

O presidente da Colômbia, Iván Duque, pediu na última sexta-feira (10) que a Assembleia Nacional da Venezuela“permita e facilite a captura” dos membros da guerrilha colombiana ELN (Exército de Libertação Nacional) que estão acampados em território venezuelano.

Os dois países estão com relações cortadas, por iniciativa do ditador Nicolás Maduro.

Duque afirmou:

“As principais cabeças do ELN estão sendo protegidas por Maduro, por isso convido o presidente Juan Guaidó e a AN que permita e facilite a captura desses delinquentes.”

E acrescentou:

“Para ninguém é mentira que Maduro, o ditador que vem golpeando o povo venezuelano, tem sido um promotor, um financiador e um patrocinador do ELN.”

O presidente interino Juan Guaidó respondeu:

“Este é o momento para que nossas Forças Armadas exerçam a soberania da nação e lutem contra essa ocupação em nosso território.”

E, segundo a Gazeta do Povo, completou:

“A Colômbia, país irmão, pode contar com que a Venezuela deixará de ser santuário de terroristas. Faremos todas as gestões em conjunto com a Assembleia Nacional para colaborar com a Colômbia e com o mundo para evitar e deter ataques que colocam em xeque a população de nossos países.”