Vídeo: Dallagnol defende imparcialidade da Lava Jato e diz que operação acusou políticos de diversos partidos

O procurador federal Deltan Dallagnol defendeu nesta segunda-feira (10) a imparcialidade da Lava Jato e disse que a operação acusou políticos e pessoas ligadas a diversos partidos.

A manifestação ocorre depois do vazamento de mensagens extraídas do aplicativo Telegram atribuídas a procuradores da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, entre eles Dallagnol, e ao então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça.

Veja abaixo o vídeo com esclarecimentos do Procurador Federal: