Boi Garantido faz ensaio técnico com itens individuais, no Bumbódromo de Parintins

Com itens individuais ovacionados e um repertório que levantou a galera encarnada, o Boi Garantido realizou ensaio técnico no Bumbódromo, na noite desta terça-feira (25), em Parintins (a 369 quilômetros a leste de Manaus).

O boi da Baixa do São José começou o ensaio executando a lenda amazônica do Curupira, que trouxe a cunhã-poranga Isabelle Nogueira interagindo com as tribos.

Na celebração folclórica exaltando o povo amazônida, a sinhazinha da fazenda Djidja Cardoso fez a evolução. Edilene Tavares, porta-estandarte do Garantido, evoluiu ao som o hit 2019 do bumbá encarnado “Legião Vermelha”.

Na figura típica regional Povo de Fibra, surgiu a rainha do folclore Brenda Beltrão. O espetáculo coreográfico da toada “Rosas Vermelhas”, que enaltece as mulheres, chamou a atenção do público presente.

O ensaio técnico do bumbá vermelho e branco encerrou com a evolução do estreante pajé Adriano Paketá, que foi ovacionado pela nação encarnada.

O presidente do Boi Garantido, Fábio Cardoso, afirmou que o bumbá está preparado para conquistar o título do festival 2019. “Alguns ajustes devem ser feitos para que possamos entrar na arena do Bumbódromo na sexta-feira cem por cento e levar este título”, disse.

O presidente da Comissão de Artes, Junior de Souza, contou que abrir o festival era uma estratégia do Garantido. “Nós queríamos abrir justamente para mostrar que estamos preparados. Quem está na guerra, deve estar preparado para o que vier e isto nós estamos”, afirmou.

Nesta quarta-feira (26) é a vez do Boi Caprichoso realizar o ensaio técnico no Bumbódromo, a partir das 21h.