#ÉFAKE: Vídeo com detentos fugindo de rebelião é de 2017

#ÉFAKE: Vídeo com detentos fugindo de rebelião é de 2017

Um vídeo circulou na tarde deste domingo (26) indicando que haveriam detentos fugindo de suas celas durante a rebelião ocorrida no Complexo Penitenciario Antonio Jobim (Compaj), para não serem vítimas de possiveis retaliações.

O vídeo ocorreu no Ipat, durante a gestão do ex-Governador José Melo, em rebelião que ocorreu em Janeiro de 2017 no presidio.

Os detentos, após início da gestão de Wilson Lima, estão devidamente caracterizados pelo uniforme do presídio. O que não aparece no vídeo que circula no Whatsapp.

Presos fazem rebelião no Compaj; SSP confirma que ocorrência ja está controlada

Presos fazem rebelião no Compaj; SSP confirma que ocorrência ja está controlada

Uma rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), situado no km 8 da BR-174, em Manaus, deixou mortos neste domingo (26). O motim foi confirmado pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) às 12h30 (horário local). O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção de corpos. Informações extra-oficiais indicam 10 mortos.

A mãe de um detento estava no local e testemunhou o início da rebelião. Ela afirma que visitantes foram tomados como reféns.

“Eu estava na cela sete. Foi uma agonia muito grande. Começou uma correria, e todos estavam batendo nas celas, nas portas, e correndo pelos corredores. Tinha um [detento] na cela oito que estava amarrado. Os policiais tiraram as visitas, mas os presos pegaram um monte e levaram para quadra”, disse a mulher, que pediu para não ser identificada.

SSP: OCORRÊNCIA NO COMPAJ ESTÁ CONTROLADA

A Secretaria de Comunicação do Governo distribuiu a seguinte nota:

Neste domingo (26/05), o Grupo de Intervenção Prisional (GIP), companhia do Batalhão de Choque da Polícia Militar, foi acionado pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) para atuar no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde estava acontecendo uma briga entre presos. Os policiais fizeram a intervenção no presídio, por volta do meio dia.


Neste momento, a situação está controlada, com reforço de policiamento nas muralhas, nos ramais de acesso e na estrada. Ainda está sendo feito levantamento sobre mortes. O secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, determinou, ainda, reforço em outras unidades do sistema, por medida de precaução. Helicópteros do Departamento Integrado de Operações Aéreas fazem sobrevoo no sistema, nesta tarde. Não há informações sobre fugas e não houve agentes penitenciários reféns.


De acordo com o secretário da Seap, coronel Marcus Vinícius Almeida, é importante destacar que a intervenção foi rápida e que o tempo de resposta foi muito reduzido em relação a ocorrências anteriores, devido ao GIP, criado no início desta gestão.

SSP-AM faz vistoria e autua bares na zona leste de Manaus

SSP-AM faz vistoria e autua bares na zona leste de Manaus

Entre a noite de sábado (25/05) e madrugada deste domingo (26/05), a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) vistoriou bares na zona leste de Manaus, por meio da Central Integrada de Fiscalização (CIF). Durante a “Operação Tranquilidade e Segurança”, que tinha o objetivo de combater o tráfico de entorpecentes e poluição sonora, seis bares foram autuados, um inquérito policial foi aberto para apurar a autoria de tráfico de drogas e um adolescente foi apreendido.

Com a comitiva liderada pelo delegado Torquato Mozer, titular do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), foram fiscalizadas casas noturnas na avenida Itaúba, no bairro Jorge Teixeira, zona leste. Segundo o delegado, havia denúncias de tráfico de entorpecentes na área.

Além dos bares autuados, foram removidos 12 motocicletas, recolhidas três Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e sete Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs), e encontradas 129 porções de cocaína. Um equipamento de som irregular foi apreendido.

“As drogas serão conduzidas à delegacia para que seja realizado o procedimento flagrancial acerca dessa quantidade encontrada”, explicou Torquato Mozer. Um adolescente foi conduzido ao 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Ação conjunta – Segundo o comandante do Comando de Policialmento de Área da Zona Leste, coronel Cledemir Silva, mais de 30 policias, entre civis e militares, participaram da operação conjunta que contou com o trabalho da Inteligência. “É importante trabalhar com a informação e a comunicação da comunidade”, explicou. 


Na operação conjunta, o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) abordou 303 veículos, realizou cinco testes de alcoolemia e removeu 12 motos. 

 
Participaram também da CIF o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, Secretaria de Estado de Meio-Ambiente (Sema), Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (Dema), Vigilância Sanitária, Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) e Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb).

Pedreiro é assassinado a tiros em rua do bairro Cidade de Deus

Pedreiro é assassinado a tiros em rua do bairro Cidade de Deus

O pedreiro Jorgeano Teixeira Laranjeira, 31, foi morto a tiros na noite de ontem  (24), na rua Colibri, no conjunto Cidade de Deus, Zona Leste de Manaus.

Uma testemunha afirmou que, por volta das 20h30, Jorgeano voltava do supermercado na companhia da esposa e dos dois filhos quando uma motocicleta se aproximou. O carona do veículo então disparou três tiros. Um projétil teria trespassado a cabeça da vítima.

“Escutei os disparos e corri para o portão de casa. O corpo dele estava caído na rua. A mulher gritava por socorro enquanto as crianças corriam”, relatou a fonte.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas, ao chegar ao local, Jorgeano já estava morto. Policiais da 14° Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) atenderam a ocorrência.

A tia de Jorgeano, Aldenize Laranjeira, 52, disse que, apesar do vício em pasta-base, o sobrinho não tinha histórico de problemas com bandidos. “Era um homem trabalhador, que executava serviços avulsos”, conta. “Ele havia se mudado ontem para uma quitinete, depois que vendemos a casa onde meu sobrinho morava com a mãe, na rua Bem Te Vi”, acrescentou.

Aldenize disse que o caso está sendo investigado em sigilo pela polícia, por isso evitou dar mais detalhes.

O corpo de Jorgeano está sendo velado na manhã deste sábado (25), na casa de uma amiga da vítima, na rua Canário, no conjunto Cidade de Deus.

Vice-presidente deve estar em Manaus neste domingo (26), dia do ato pró-Bolsonaro

Vice-presidente deve estar em Manaus neste domingo (26), dia do ato pró-Bolsonaro

Após encerrar sua agenda neste sábado (25) na China, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) deve desembarcar em Manaus. A vinda do general coincide com o ato pró-governo organizado por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL), marcado para ocorrer neste domingo (26), às 15h, em frente à praia da Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus.

A passagem do vice-presidente pela capital foi confirmada pelo superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Alfredo Menezes. Questionado pela reportagem, o coronel reformado se limitou a informar que Mourão vem até a capital cumprir uma “agenda pessoal”, mas que não chegaria amanhã, data que ocorre o ato em Manaus.

Apesar da informação repassada por Menezes, a reportagem teve acesso a documento que revela que a permanência do vice-presidente na capital inicia no dia 26 e se estende até o dia 30 de maio.

Conforme a coluna Sim & Não, do portal e jornal A Crítica, publicada no último dia 5, o superintendente tem a intenção de entregar um pacote de ações dos seus primeiros 100 dias à frente da autarquia na próxima reunião do Conselho de Administração da Suframa (CAS). Na época, nas contas dele, a reunião deveria acontecer na primeira semana de junho.

Sobre a possibilidade de o evento institucional contar com a presença de Mourão, Menezes destacou que a “reunião está dependendo de publicação dos membros no DOU [Diário Oficial da União]”. “Quando tudo estiver ok, todos serão convidados: presidente, vice, governadores, prefeitos, bancada e etc.”, conclui.

Polícia Civil prende grupo por furto a empresa no bairro Distrito Industrial 1

Polícia Civil prende grupo por furto a empresa no bairro Distrito Industrial 1

Na manhã desta sexta-feira (24/5), durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), os delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, respectivamente titular e adjunto da unidade policial, falaram sobre ação policial deflagrada na última quarta-feira (22/5) pela equipe da especializada, que resultou nas prisões, em flagrante, de cinco integrantes de uma organização criminosa por furto a uma empresa situada na zona sul da capital.

Foram apresentados na coletiva: Alberson Alves Pinto, 32; Andrey Amaral de Farias, 26; Lucas Maciel da Silva, 19; o irmão de Alberson, Moacir Alves Pinto, 54; e Regilson Pereira de Souza, 32. De acordo com o delegado Guilherme Torres, os infratores foram presos na noite da última quarta-feira (22/5), por volta das 22h, após invadirem, com a intenção de furtar fios de cobre, uma empresa situada na primeira etapa do bairro Distrito Industrial, zona sul.

“Já estávamos investigando esse grupo quando tomamos conhecimento de que eles iriam agir novamente para realizar o furto em uma empresa. Imediatamente nos deslocamos até o local e montamos campana na proximidade do lugar. Avistamos os infratores quando eles já tinham quebrado o telhado da empresa. Diante disso, efetuamos as prisões deles”, explicou Torres.

Conforme o delegado Demetrius Queiroz, os policiais civis da DERFD encontraram com os infratores algumas ferramentas utilizadas para corte de fio de cobre, além de um terçado. “Nossos trabalhos dão conta de que eles possuem envolvimento em, pelo menos, cinco crimes que já estávamos investigando, dentre eles o furto de televisores avaliados em R$ 400 mil”, disse.

O adjunto da DERFD destacou que, ao longo dos trabalhos, a equipe da especializada identificou Alberson como líder do grupo. O homem organizava e definia quem participaria dos delitos. “Sabemos que essa organização é composta por mais membros. No entanto, não iremos fornecer outras informações para não comprometer nossas investigações”, relatou.

Durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foi verificado que todos os indivíduos já possuem passagem pela polícia. Alberson por furto, Andrey por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, Lucas por tráfico de drogas, Moacir por furtos e tráfico de drogas, e Regilson por tentativa de homicídio e roubo.

Alberson, Andrey, Lucas, Moacir e Regilson foram autuados em flagrante por furto qualificado e associação criminosa. Ao término dos procedimentos cabíveis na DERFD, eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

FOTOS: Erlon Rodrigues / PC-AM


Subtenente do Exército é morto a tiros, após buscar dinheiro de dívida no São José

Subtenente do Exército é morto a tiros, após buscar dinheiro de dívida no São José

Subtenente do Exército foi executado com dois tiros na cabeça (Foto: Divulgação)


Manaus – O subtenente reformado do Exército Brasileiro Maspoli Lima Farinha, 50, foi executado com dois tiros na cabeça, após ir buscar o dinheiro de uma dívida, numa ‘área vermelha’, na Rua João Câmara, bairro São José, zona leste de Manaus, na noite de quarta-feira (22). A suspeita preliminar da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) é que o militar tenha sido vítima de uma emboscada.

Segundo investigadores da DEHS, dois suspeitos do crime já foram identificados, mas não tiveram os nomes divulgados para não atrapalhar a investigação.

O crime aconteceu por volta de 21h30, após a vítima chegar em uma picape S-10 branca, de placa NAU0J27, e estacionar na Rua João Câmara.

De acordo com os policiais civis, o subtenente da reserva tinha ido buscar a quantia de R$ 5 mil, de uma funcionária dele, e, após receber o valor, foi surpreendido por dois homens. Instantes depois, a vítima desceu do veículo e ainda chegou a discutir com a dupla, antes de ser atingida com dois tiros na cabeça, em frente a uma casa. O subtenente morreu na hora.

A equipe de investigação da DEHS informou que atua para prender os dois suspeitos, já identificados, envolvidos no crime que vitimou o subtenente do Exército.



Inquérito aponta causas do incêndio que destruiu centenas de casas no Educandos

Inquérito aponta causas do incêndio que destruiu centenas de casas no Educandos

O incêndio que destruiu centenas de casas no bairro Educandos, na zona sul de Manaus, em dezembro passado, teve origem em um fogão com defeito, ligado diretamente ao botijão de gás em uma das casas que ficava no centro da comunidade atingida pelas chamas.

As informações constam do inquérito policial, acompanhado do laudo pericial do Instituto de Criminalística (IC), do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC).

“Terminamos a parte investigativa do inquérito policial logo nos primeiros dias após o sinistro e estávamos aguardando o laudo pericial. Ouvimos testemunhas, foi apreendido o resto do fogão e materiais do entorno da residência onde principiou o incêndio, identificamos o local de origem, apontado pelas vítimas, fizemos imagens, inclusive com drones, para auxiliar nas investigações e acompanhamos a perícia no local”, afirmou o delegado Divanilson Cavalcanti, titular da Seccional Sul.

Ainda conforme o delegado, que conduziu as investigações, na casa onde o fogo começou, o fogão estava com defeito na boca e a família estava utilizando o registro da botija na hora de cozinhar. “Eles estavam nessa situação há cerca de duas semanas. Quando o incêndio começou, a família não conseguiu nem levar as sandálias, saindo apenas com a roupa do corpo. O botijão parecia um lança-chamas, segundo alguns relatos”, afirmou Cavalcanti.

O inquérito foi remetido à Justiça, com o indiciamento de uma pessoa pelo crime de incêndio culposo. No entanto esta responderá o processo criminal em liberdade, de acordo com o delegado Divanilson Cavalcanti, que conduziu o inquérito policial.

Destruição – O incêndio ocorreu na madrugada do dia 18 de dezembro de 2017. O Corpo de Bombeiros atuou intensamente, por mais de três horas, com todo o efetivo da capital e reforços da Região Metropolitana para conter as chamas.

Foto: Divulgação/SSP-AM

Movimentos de direita organizam ato pró-Bolsonaro na Ponta Negra

Movimentos de direita organizam ato pró-Bolsonaro na Ponta Negra

Acompanhando os atos pró-governo organizados por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para o próximo domingo (26), movimentos de direita no Amazonas escolheram a avenida Coronel Teixeira, em frente à praia da Ponta Negra, como local de concentração em Manaus. Na capital amazonense, a manifestação terá início às 15h.

Ao chegar a um consenso a nível nacional sobre as pautas das manifestações, os grupos de apoio ao governo bolsonarista definiram a aprovação da reforma da previdência e do pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro, como as principais pautas da manifestação. A reforma administrativa proposta com a Medida Provisória (MP) 870, que prevê, entre outras medidas, a diminuição do número de ministérios de 29 para 22, além da CPI da Lava Toga, que pretende investigar o poder judiciário no Brasil, também estão nos pontos de reivindicação.

Conforme Iza Oliveira, coordenadora do Movimento Amazonas em Ação, são esperados ao menos 30 mil pessoas entre integrantes de grupos organizados e também da sociedade civil. Segundo ela, os atos também são uma resposta aos protestos de professores e estudantes realizados em 15 de maio.    

“Vimos como a esquerda acordou com aqueles protestos, portanto não podemos ficar parados. As manifestações em apoio ao presidente servem para mostrar que a população brasileira está a favor das suas propostas e estaremos com diversos movimentos unidos no domingo para demonstrar esse apoio da população”, comentou a coordenadora.

Para o também integrante do Amazonas em Ação, Júnior Oliveira, as manifestações dos professores em 15 de maio foram pretexto para algazarras da esquerda. “Eles foram às ruas para afrontar o presidente Bolsonaro e não para lutar pela educação. Nesse domingo teremos pessoas que irão se manifestar verdadeiramente em prol do país”, destacou.

Entre os principais grupos organizadores dos atos no estado estão o Direita Amazonas; Muda Amazonas; Brasil Conservador; Advogados Independentes do Amazonas; Mobiliza Amazonas; Amigos do Whatsapp; Brasil 200, além de membros do Partido Social Liberal (PSL/AM).

O presidente Jair Bolsonaro não irá participar das manifestações pelo País neste domingo, afirmou o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros. 

Acrítica

Jovem amazonense é destaque nas categorias de base do Fluminense

Jovem amazonense é destaque nas categorias de base do Fluminense

Destaque como lateral esquerdo no time sub-15 do Fluminense-RJ, o amazonense Rafael Reis, de 15 anos, segue há dois anos em busca do sonho de tornar-se jogador profissional atuando nos gramados do Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras, em Xerém-RJ. 

E nessa caminhada futebolística, o atleta esbanja talento como titular absoluto da equipe do tricolor carioca, colhendo bons frutos como a convocação para a Seleção Brasileira sub-15, no ano passado, além de colecionar cinco títulos de nove competições disputadas, o mais recente deles foi conquistado no último dia 12 de maio, a Nike Premier Cup 2019, que aconteceu no CT Joaquim Grava, em São Paulo. A competição nacional é a mais desejada da categoria sub-15. 

Rafael Reis é destaque da categoria de base do clube carioca. Foto: Divulgação

“Foi uma conquista muito grande porque eu nunca pensei em chegar onde eu estou. Fiquei muito feliz pela oportunidade porque muitos jovens sonham com isso. E ganhar esse título da Copa Nike foi uma sensação inexplicável e muito importante para nossa equipe e para o clube. Joguei seis partidas e dei três assistências, somos uma equipe e, a cada jogo, busco dar o meu melhor para que eu possa ser reconhecido a cada dia”, ressaltou Rafael.

Mas para chegar no atual patamar como jogador, muitas pessoas foram cúmplices e apoiaram o sonho do atleta no time carioca sub-15.

“Quatro pessoas foram muito importantes no início da minha carreira: meu tio (Josias Batalha), meu pai (Adilson Reis) meu irmão mais velho já falecido (Thiago Reis) e minha mãe (Zociléia Bentes) que estão comigo todos os dias e acreditam no meu sonho, e eu só tenho agradecer muito a Deus por tudo”, relatou o atleta, que vive com toda a família no município de Xerém-RJ.

Rodeado de pessoas importantes para o desenvolvimento de suas habilidades no futebol, Rafael Reis chegou ao Fluminense em julho de 2016 por meio do coordenador técnico do Laranjeiras Esporte Clube – Guerreirinhos Futebol (franquia do Fluminense no Amazonas), Jorginho Barreto recorda orgulhoso do começo do ex-aluno na escolinha localizada no Parque das Laranjeiras.

“Rafael chegou através de um tio dele (Josias), que jogava futebol lá na escolinha depois do horário das aulas e resolveu matricular ele. Na verdade quem levou o Rafael ao Fluminense fui eu, já tinha programado em levar três atletas e nesse dia o Rafael estava arrebentando nos treinos, foi quando decidi falar com o Pai dele na mesma hora, perguntei se ele deixaria o Rafael ficar uma semana comigo no Fluminense, que ele merecia uma oportunidade e que com certeza causaria uma boa impressão. Ele chegou no Guerreirinhos em 2012. Levei ele ao Fluminense em 2015”, explicou o técnico de futebol de base.

Eternos Amigos

Mas não é apenas de conquistas que a história do jogador é feita. Também há capítulos de amizades e saudades. Apesar de fazer parte dos ‘Meninos de Xerém’, Rafael construiu um grande laço de amizade  com o zagueiro do Flamengo sub-15 Arthur Vinicius (vítima no incêndio do CT do Ninho do Urubu), e bastante emocionado, o atleta recorda a parceria dentro e fora de campo com Arthur.

“Era uma amizade boa com o Arthur, é muito lamentável o que aconteceu com todos esses jovens que sonhavam ser grandes jogadores de futebol, a nossa disputa era dentro de campo mas fora nós era éramos amigos, disputamos a final do Carioca em  2018, ele era um zagueiro promissor, jogava muito e tanto é que fizemos parte da seleção brasileira sub 15, e esse momento foi um dos mais especiais da nossa carreira jogando na base”, finalizou.A